Segunda-feira, 22 Julho, 2024
Início » Défice de carteiras condiciona educação

Défice de carteiras condiciona educação

Por Jornal Notícias
395 Visualizações

O sector da Educação regista um défice de pouco mais de 53 mil carteiras escolares na cidade da Beira, em particular, e província de Sofala, no geral. Este é um dos pontos destacados durante a IV Reunião de Planificação, que decorreu sob o lema “Por uma Educação Inclusiva Patriótica e de Qualidade” na cidade da Beira.

Apesar do esforço continuado visando providenciar carteiras e outro mobiliário escolar, o défice continua muito grande e há ainda milhares de alunos que continuam o processo de ensino e aprendizagem em condições precárias.

A directora da Educação, Dilsa Solange, reconhece este desafio e considera mesmo muito difícil de ser ultrapassado a curto prazo, pois, à medida que vão cobrindo uma ou outra escola, vão surgindo solicitações para a reposição ou mesmo fornecimento de carteiras pela primeira.

“Este ano, recebemos um reforço de mais de cinco mil carteiras escolares, financiado por parceiros não-governamentais, casos de Tzu Chi, AGA KHAN, PNUD e UNICEF, que foram distribuídas por alguns distritos da província e beneficiaram 14.271 alunos”, contabiliza Solange.

Acrescentou que a entrega do referido mobiliário não resolveu apenas o desconforto dos alunos, mas também dos professores, pois estes tinham também o desafio de proporcionar conforto psicológico e garantir igualmente a atenção da criança para aprender os conteúdos transmitidos na sala de aula.

Entretanto, não deixou de lamentar o facto de os alunos usarem mal o material escolar, riscarem e arrancarem os tabuleiros, arrastarem o mobiliário ou mesmo usarem-no como “carrinho” nas suas brincadeiras, acelerando, desse modo, a sua degradação.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia