Vidas ancoradas ao mar

0

FABRICAR, vender ou comprar canoas é uma forma de sentenciar que há na Ilha de Moçambique muitas vidas que se fazem do e no mar.

Realizam-se por contemplar a sua beleza, degustar as suas maravilhas e aproveitar todas as suas possibilidades, como todos os dias acontece neste lugar paradisíaco, onde graças ao uso de canoas muito mais coisas se concretizam, mas não cabem em nenhum texto.

Entretanto, este é o curso normal da vida dos ilhéus, que vivem abraçados à costa.

A canoa serve para pesca, transporte de pessoas e bens, bem como para o sustento de quem as dá forma, sem contar com o facto de se terem transformado num símbolo da Ilha de Moçambique, declarada património da humanidade pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Este é o retrato fotográfico que o nosso colega da Redacção Francisco Manjate nos traz, numa viagem ao mar, ao peixe, à saúde. Enfim, à celebração da vida e do amor.

Do prazer do trabalho.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.