FIPAG repõe abastecimento de água

0
187

CINCO mil famílias, residentes nos bairros Trevo e  parte da Matola A, terão acesso a água potável a partir de hoje, após a reparação da conduta principal de transporte entre a Estação de Tratamento do Umbeluzi e o Centro Distribuidor do Chamanculo que rompeu no domingo.

O incidente foi causado pelo desgaste da infra-estrutura, construída nos anos 1990, que para além de destruir parcialmente três casas, originou um prejuízo de cerca de dois milhões de meticais para o Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG). 

Sidónio Xavier, director de manutenção de infra-estruturas no FIPAG, revelou que os trabalhos de reparação desta conduta, com uma pressão de três bares, foram concluídas hoje (27), faltando ensaios para assegurar o abastecimento do recurso nos bairros abrangidos. 

Xavier afirmou que a sua instituição fez, em coordenação com o município, o levantamento dos prejuízos causados.

Acrescentou que as casas foram erguidas numa zona considerada de reserva e de risco.

“Todos os nossos clientes terão água garantida. Entretanto, não podemos assegurar r que as famílias serão reassentadas, porque este trabalho envolve outras entidades. Apenas vamos vedar a circulação de viaturas nesta área”, ressalvou

Acrescentou que a conduta tinha 30 quilómetros em betão, sendo que grande parte foi substituída em aço, faltando apenas 1,5 quilómetros.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here