19 C
Maputo
Quinta-feira, 18 - Agosto, 2022

Arranca julgamento do “caso Amurane”

+ Recentes

ARRANCOU ontem, na 6ᵃ Secção do Tribunal Judicial de Nampula, o julgamento do processo do assassinato do então presidente do Conselho Municipal da Cidade de Nampula, Mahamudo Amurane, morto a tiro na sua residência no dia 4 de Outubro de 2017, no qual Saíde Abdulremane e Zainal Satar são acusados de autores morais e materiais do crime.

O co-arguido Saíde Abdulremane exercia na altura dos factos as funções de vereador de Mercados e Feiras no Município de Nampula e Zainal Satar era empreiteiro das obras que decorriam na casa do edil.

O Ministério Público em Nampula, na voz do procurador Cristóvão Mueleca, afirmou que Saíde Abdulremane celebrou, sem o conhecimento de autarca, um memorando de entendimento com Zainal Satar para a cedência de um espaço no centro da cidade.

De acordo com o procurador, em coordenação com Zainal Satar, o arguido Saíde Abdulremane transferiu dois mil euros (2135,3 mil meticais ao câmbio actual) para a conta de Amurane, montante que este devolveu logo que tomou conhecimento.

Leia mais…

- Publicidade-spot_img

Destaques