PROLONGAMENTO DA RUA DAS FLORES: Município admite destruir casas e barracas

0

O CONSELHO Municipal de Nampula aventa a hipótese de destruir, nos próximos tempos, residências e barracas erguidas no prolongamento da rua das Flores, que compreende duas faixas de rodagem, na zona mais conhecida por “Mecula”, no bairro de Muatala, arredores da cidade de Nampula.

O Presidente da autarquia, Paulo Vahanle, disse à imprensa que se trata de uma rua que a dado momento foi interrompida, pela edificação de barracas e residências, que passaram a impedir a ligação com a avenida Eduardo Mondlane.

“Porque a rua estava danificada e não era usada, as pessoas começaram a construir. Desse modo, vamos tirar a população e os comerciantes que construíram de forma ilegal, para permitir a reabertura da rua”, disse Vahanle.

Os comerciantes abrangidos serão encaminhados para o Mercado 25 de Junho, comummente conhecido por “Matadouro”, que actualmente tem algumas bancas “às moscas”, devido ao abandono a que ficou votado.

Relativamente às famílias que forem abrangidas pelas demolições das habitações erguidas no traçado, o edil garantiu que lhes será atribuídos talhões, havendo necessidade, tendo em conta um estudo preliminar já elaborado.

Neste momento, segundo Vahanle decorre o trabalho de sensibilização dos comerciantes e respectivos proprietários das barracas que foram erguidas naquele local, para nunca se verem surpreendidos.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.