TRANSPORTADORES EM NAMPULA: Custos operacionais levam a proposta de aumento de tarifas

0

A ASSOCIAÇÃO dos Transportadores Rodoviários de Nampula (ASTRA) remeteu semana passada aos governos provincial e municipal, propostas de reajuste das tarifas de transportes, alegando a subida dos custos operacionais da actividade.

No documento, que já circula nas redes sociais, detalha o agravamento das tarifas nos trajectos urbanos e interdistritais a partir desta urbe, por causa da subida de custos operacionais de viaturas, sendo o combustível, o mais destacado.

Para além da subida do preço do combustível, a ASTRA alega alguns agravamentos com o licenciamento e apresenta por exemplo o valor de licença custava 3000,00 MT, a sua renovação 1500,00 MT, enquanto a subscrição e segunda via estavam a setecentos e cinquenta meticais.

Estes valores, segundo a fonte, foram agravados pelo Decreto n.o 35/2019, de 10 de Maio, sendo que a licença passou a custar 5000,00 MT, a renovação 2500 MT e a simples substituição ou segunda via 3000,00 MT.

“Os associados estão a fazer pressão e nalgumas rotas os transportadores têm vindo a agravar as tarifas sem devida autorização. Solicitamos o reajuste de 2 meticais por quilometro para o transporte inter-distrital, e aumento de cinco meticais dentro da cidade”, lê-se no documento da ASTRA.

A concretizar-se este reajuste, a rota de Nampula-Nacala, com cerca de duzentos quilómetros vai passar dos 250,00MT praticados actualmente, para quatrocentos meticais, enquanto o “chapa”, dentro da cidade vai custar quinze meticais contra os actuais dez.

O presidente da ASTRA, Luís Vasconcelos, reconhece que a situação vai afectar negativamente a população, mas para a garantia da manutenção e todos custos operacionais a tarifa tem que ser revista.

“A família do transportador também faz parte do cidadão que está afectado grandemente. O que se espera é que o Governo venha a adotar algumas medidas de contenção, no sentido de que a população possa estar economicamente estável”, defendeu Vasconcelos.

Jornal Notícias
+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.