COMBATE AO CRIME CIBERNÉTICO: INCM fortalece capacidade institucional

0

O INSTITUTO Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM) está a fortalecer a capacidade institucional com vista a combater os crimes cibernéticos que tendem a ocorrer com alguma frequência nos últimos tempos.

O presidente do Conselho de Administração (PCA) do INCM, Tuaha Mote, disse esta semana no posto administrativo de Matibane, distrito de Mossuril, em Nampula, que o problema está a merecer a atenção de todos os sectores sociais.

Falando na abertura da XV Reunião Anual de Balanço e Planificação do INCM, Mote destacou, entre os crimes cibernéticos mais frequentes no país, a burla, fraude financeira, lavagem de dinheiro e branqueamento de capitais.

“Não estamos no estado óptimo, mas ao nível institucional já temos capacidades básicas para colaborar e mitigar o impacto destes crimes cibernéticos. Falo de todo o tipo de crime que possa ocorrer com recurso às redes de telecomunicações, de plataforma de tecnologias de informação e comunicação. Estamos em condições de produzir informação pericial com vista ao esclarecimento dos crimes”, explicou.

Outro desafio do INCM apontado pelo PCA é a necessidade de modernização e expansão de infra-estruturas digitais no país, para que o serviço prestado seja abrangente e de qualidade.

“Com a pandemia, descobrimos que o sector das comunicações tem um papel muito importante de levar a digitalização da economia a todos os cidadãos, permitir que as escolas públicas em locais como Matibane, em Mossuril, tenham a possibilidade de estudar à distância, se tal for necessário”, destacou Mote.

Apontou igualmente como desafio da instituição no presente ciclo de governação a definição e criação de políticas que promovam e incentivem o sector privado a investir em zonas recônditas do país, onde do ponto de vista comercial não há retorno do investimento.

“Não queremos que alguém se sinta excluído no processo de digitalização. Um dos desafios actuais do mundo é a inclusão social do cidadão”, disse Mote.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.