EXPODUBAI 2020: Moçambique aposta na Sustentabilidade

0
O pavilhão de Moçambique, um dos pavilhões de países de língua portuguesa presentes na Expo Dubai 2020.

A SUSTENTABILIDADE é o tema da participação de Moçambique na ExpoDubai, e o país pretende aproveitar a sua presença nos Emirados Árabes Unidos para ampliar as relações económicas entre os dois países, disse à LUSA o comissário-geral moçambicano.

Naquela que é a sétima vez em que participa numa exposição mundial, Moçambique “pauta-se sempre por seguir o tema que cada edição apresenta”, começou por referir Miguel Costa Mkaima.

A ExpoDubai arrancou em 1 de Outubro, depois de ter sido adiada um ano devido à pandemia da Covid-19. Tem como tema “Conectar mentes, criando o futuro”, com três distritos: sustentabilidade, oportunidade e mobilidade, que em forma de pétalas convergem para a praça Al Wasl, considerada o ‘coração’ da exposição mundial.

“Moçambique escolheu o tema sustentabilidade por considerar que se enquadra perfeitamente com a nossa realidade, sobretudo nas perspectivas do desenvolvimento do país, nos esforços que o Governo tem realizado e as comunidades moçambicanas também para o desenvolvimento”, apontou o comissário-geral para a Expo 2020 Dubai.

“Portanto, a sustentabilidade encaixa-se bem nesta perspectiva” e no tema da exposição do Pavilhão de Moçambique, “que é respeitando a natureza, que é o maior compromisso para as futuras gerações”, salientou.

“E é este o tema que Moçambique participa na Expo 2020 Dubai: a natureza, o homem, o futuro”, sintetizou.

Esta é também a primeira vez que uma exposição mundial se realiza naquela região do globo.

ALARGAR COOPERAÇÃO A NOVAS ÁREAS

“ISSO tem uma importância específica, naturalmente que é o facto de ser a primeira Expo a acontecer nesta região, mas é uma região que apresenta uma grande potencialidade em termos económicos” e na sua inserção no mundo, acrescentou.

“Moçambique tem relações económicas, de cooperação com os Emirados Árabes Unidos e nós queremos explorar a nossa presença, a nossa participação nesta Expo para incrementar e consolidar essas relações e, naturalmente, ampliá-las para além dos sectores onde estamos a cooperar”, alargando a novas áreas, apontou, referindo tratar-se também de um dos objectivos de Moçambique nesta exposição mundial.

Relativamente às expectativas da participação moçambicana no evento, Miguel Costa Mkaima manifestou-se “satisfeito” com o que tem estado a assistir na ExpoDubai.

“Uma participação massiva das cooperações que vêm cá visitar a Expo, mas não só pessoas que vêm para ver Moçambique, que ouviram falar de Moçambique, mas pessoas que vêm com determinado interesse em querer não só ver, mas conhecer a fundo os aspectos culturais do nosso país, as oportunidades que existem no nosso país, as riquezas que Moçambique oferece”, destacou.

“Acreditamos nós que o desfecho destas visitas, desta troca de informações e experiências, se saldará num alargamento dessa cooperação”, admitiu.

A Expo 2020, que termina em 31 de Março de 2022, é o primeiro grande mega evento desde o início da pandemia onde são esperados 25 milhões de visitantes. -(LUSA)

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.