Socialização dos resultados é crucial na identificação de soluções inovadoras

0

SOB o lema “Conhecimento Científico e Inovação na Era Digital, Impulsionando o Desenvolvimento”, o posto administrativo de Chidenguele, província de Gaza, acolhe a partir de amanhã a sábado, uma conferência internacional sobre financiamento de projectos de investigação, promovida pelo Fundo Nacional de Investigação (FNI).

Trata-se de um evento que tem como objectivo divulgar os resultados das pesquisas que vêm sendo desenvolvidas em diversas áreas do saber, dentro e fora do país, bem como unir os investigadores numa plataforma no qual que podem harmonizar o seu trabalho e, em conjunto, buscarem financiamento.

Vitória Langa de Jesus, directora-geral do FNI, disse que uma das grandes características da pesquisa é a socialização do conhecimento gerado por diferentes   pesquisadores, uma forma de identificar as soluções inovadoras para os problemas existentes na sociedade, não só em Moçambique como noutros pontos do mundo.

“Os debates sobre o resultado de cada trabalho de investigação são, por um lado, importantes porque a partir deles enriquece-se e valoriza-se cada vez mais o conhecimento gerado que é posteriormente partilhado pelo colectivo e, por outro, passam a ser uma solução vendível quer por empresas quer pela sociedade”, exemplifica.

Sobre as áreas com prioridade ao financiamento Vitória disse serem as definidas pelo Governo, com destaque para a agricultura, saúde, turismo, cultura, engenharia e educação.

Contudo, destaca a existência das que mais se evidenciam em cada chamada, ao exemplo de agricultura. Sobre esta tendência, a directora do FNI disse não haver um estudo, mas admite que seja pelo facto de merecer maior atenção e por ter número considerável de quadros treinados na pesquisa.

Outra hipótese aventada pela directora-geral é a implantação do sector de agricultura em todo o país, por via do Instituto de Investigação Agrária (IIAM), que existe até ao nível distrital.

“Quando se estabeleceu a produção de alimentos como uma das prioridades na agricultura, incentivou-se também a formação de muitos investigadores nesta matéria e houve muito investimento na área de agricultura. Creio que deve ser por isso que ela se destaca nas nossas chamadas, a medir pelo número de propostas apresentadas, sem excluir a área da saúde, que também aparece com maior demanda em termos de propostas submetidas anualmente”, disse.

Salientou que a grande importância do envolvimento de pesquisadores de todas as áreas abrangidas pelo financiamento é que haja um equilíbrio entre as elegíveis e as transversais, que até certo ponto são o suporte para o desenvolvimento das outras, como é o caso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). “Diria que o ideal seria elevar o número de propostas financiadas e criar um equilíbrio”, disse Vitória de Jesus.

Anualmente, o FNI lança uma chamada mas, dependendo do financiamento, chega a promover mais do que uma. “Basta haver luz verde por parte dos doadores, fazemos chamadas, mas seguramente, temos uma por ano”.

Desde a sua existência, há 10 anos, esta instituição já realizou 11 chamadas e financiou perto de 500 propostas, o que representa cerca de 25 por cento da demanda dos que procuram financiamento.

Para justificar o número dos inscritos e contemplados pelo financiamento, a directora do FNI fala de questões relacionadas com a qualidade porque nem todas as propostas apresentadas reúnem requisitos para eleição ao financiamento.     

Uma riqueza medida pela satisfação da sociedade

Sobre o retorno que advém das propostas aprovadas e financiadas, Vitória de Jesus orgulha-se pelo impacto que os trabalhos criam, traduzido pelo desenvolvimento em diferentes áreas e, acima de tudo, no benefício para as comunidades.

A título elucidativo, mencionou a plataforma electrónica “Pensa”, usada como meio de interacção com o público, na resposta às inquietações relacionadas com a saúde das pessoas.

Referiu que no início, esta plataforma parecia algo com menor utilidade aos olhos de muitos mas, com a eclosão da Covid-19, o seu uso revelou-se crucial, a atender pelo elevado número de utentes que procuravam sanar dúvidas relacionadas com a sua saúde.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.