“COSAFA” DE FUTEBOL DE PRAIA: Moçambique na final

0

Ivo Tavares, em Durban

MOÇAMBIQUE está à beira de alcançar mais um feito histórico no futebol de praia. Depois do título de vice-campeão africano e da participação inédita no “Mundial”, mais uma página dourada pode ser escrita amanhã pelos briosos atletas nacionais, que ontem bateram, nas meias-finais da Taça COSAFA, a anfitriã, África do Sul, por 5-3. Amanhã, a partir das 15.00 horas, Moçambique irá defrontar na final Tanzania na Beach Soccer Arena de Durban, palco que desde quarta-feira acolhe esta competição que junta seis países da região Austral do continente. 

SOFRER ATÉ AO FIM

A tarefa da equipa nacional está muito longe de ser fácil na II edição da COSAFA. Após ter imposto uma goleada às Comores (8-3) na primeira jornada, num jogo que se pode considerar mais de “aquecimento”, a Tanzania (vitória por 4-3 só nos penaltes), na segunda ronda, e agora diante da África do Sul, o conjunto nacional teve que se aplicar no limite para vencer. 

O encontro diante dos sul-africanos foi mais complicado porque a formação nacional viu-se obrigada a correr atrás do prejuízo, já que esteve a perder por 2-0 no primeiro período, um resultado enganador se se atender que foram inúmeras as situações de golo desperdiçadas. 

Aliás, Moçambique entrou a todo o gás, sufocando os sul-africanos e a desferir vários remates, no entanto, essas tentativas esbarravam no guarda-redes ou mesmo por ineficácia (o mesmo problema do jogo com a Tanzania). Arroz com apenas 45 segundos poderia ter marcado. Era um verdadeiro “tiro ao boneco”, mas a bola teimava em não entrar. Mas, à semelhança do que tinha acontecido contra a Tanzania, o combinado nacional sofreu um golo quando o adversário nada tinha feito para merecer. Phakathi ganhou espaço pela direita e rematou certeiro. Estavam jogados oito minutos. A verdade é que a Selecção Nacional não acusou o golo e continuou a procurar o seu. Mas o primeiro período iria terminar com vitória da equipa da casa por 1-0. 

O segundo período começa com África do Sul a fazer o 2-0. Logo aos 45 segundos, Ndlovu rematou bem colocado para o golo. Apesar de mais este golpe, a equipa nacional manteve-se coesa e mesmo contrariada com a expulsão do treinador, Abineiro Ussaca – por protestos às decisões tendenciosas do árbitro tanzaniano – nunca deixou de acreditar. Nelson começou a abrir o livro e a mostrar que o estatuto de melhor jogador africano não é por acaso. Arrancou uma falta que cobrou com categoria. O empate poderia ter surgido no lance seguinte, mas Yuran e Nelson viram Gumbi (entrou no lugar do lesionado Cele) negar o golo. No lance seguinte, a África do Sul aumentou a vantagem para 3-1, com Phakathi a bisar numa jogada em que Ângelo quis antecipar e acabou deixando o goleador sul-africano solto. Mas ainda haviam seis minutos para se jogar no segundo período. Os jogadores, com apoio da claque moçambicana e até dos angolanos, reduziram para 3-2, a dois minutos do fim.

Foi com uma desvantagem mínima que a turma nacional entrou para os derradeiros 12 minutos. Aos jogadores só faltou mesmo comerem areia, porque deram tudo com dois golos de Nelson (homem-do-jogo), um dos quais de penalte, e um de Ramossetea deram a volta ao marcador, passando a ganhar por 5-3. Nota ainda para o facto de Manuel ter defendido um penalte numa altura em que Moçambique vencia por 4-3. Foi uma defesa que acabou sendo fundamental para o triunfo, mais um sofrido, mas categórico de Moçambique.  

FICHA TÉCNICA 

ÁRBITROS: 1° Stevens Jackson (Tanzania), 2° Tumani Geofrey (Tanzania) e 3° Felix Amu (Malawi).

MOÇAMBIQUE (Cinco inicial): Anivaldo; Ângelo, Arroz, Yuran e Rachide.

ÁFRICA DO SUL (Cinco inicial) : Celle; Hlela, Michaels, Ndlovu e Phakathi.

DISCIPLINA: Amarelo para Ndlovu, Gumbe, Phakathi (Todos da África do Sul)

Vermelho para Abineiro Ussaca (treinador de Moçambique)

RESULTADOS DE ONTEM

APURAMENTO 5º E 6° CLASSIFICADOS 

Seychelles-Comores (4-5)

MEIAS-FINAIS

Moçambique-África do Sul (5-3)

Angola-Tanzania                     (2-5)

DOMINGO

FINAL

15.00 h – Moçambique-Tanzania

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.