EM MAPUTO: Ferroviário da Beira afina a “máquina” para BAL

0

O FERROVIÁRIO da Beira chegou na manhã de ontem à cidade de Maputo, onde realizará treinos nos dois dias que antecedem a partida da colectividade à África do Sul, ao fim da tarde de amanhã (17.00 horas) para disputar a derradeira fase de apuramento à Basketball Africa League (BAL).  O primeiro treino foi realizado na tarde de ontem, no pavilhão do Maxaquene.

Designada Road To BAL (Elite 16), a prova será disputada entre os dias 6 e 11 do corrente mês. Fazem parte desta etapa oito equipas, divididas em dois grupos de quatro equipas. O representante nacional está no Grupo “B”, juntamente com Unlinzi Warriors do Quénia, City Oilers do Uganda e o Cobra Sports do Sudão do Sul.

Pelo Grupo “A” estão o anfitrião Cape Town Tigers, New Star do Burundi, Kurasini Heat da Tanzania e Matero Magic da Zâmbia. As equipas disputarão a qualificação no sistema de todos contra todos em uma volta nos respectivos grupos, para depois avançarem para as meias finais.

Os vencedores das meias-finais qualificam-se para a BAL, enquanto os derrotados lutarão entre si para a terceira e última vaga num conjunto de oito que têm possibilidade na corrida pela Conferência Este.

Os “locomotivas” de Chiveve esperavam realizar treinos bidiários, incluindo jogos de controlo com equipas da capital moçambicana. Todavia, tal desiderato não será possível, já que os clubes disputam o Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo.

O primeiro treino bidiário estava marcado para ontem, mas devido aos trabalhos de preparação para as cerimónias fúnebres no pavilhão do Maxaquene do ex-presidente do Comité Olímpico de Moçambique, Marcelino Macome, tal não sucedeu. A equipa treinada pelo espanhol Luiz Hernandez teve que se contentar com um único treino, realizado na tarde de ontem.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.