OPERAÇÃO CAMARÕES: “Mambas” partem hoje rumo a Doualá

0
187

A SELECÇÃO Nacional de Futebol deixa Maputo esta tarde (14.30h) rumo a Doualá, capital económica dos Camarões, onde na sexta-feira vai medir forças com a sua congénere daquele país, em partida pontuável para a terceira jornada do Grupo “D” do acesso ao Mundial-2022, no Qatar.

Os “Mambas” saem do território nacional com apenas um treino, efectuado na tarde de ontem no campo do Costa do Sol, no qual o seleccionador nacional contou com 22 dos 26 jogadores convocados para esta “operação”, sendo que os restantes (todos a actuar na Europa) irão viajar dos países onde jogam directamente para Doualá.

Trata-se de Mexer e Reinildo, que actuam na França, e Zainadine, que evolui em Portugal. Outro “português” convocado, Witi, não poderá dar o seu contributo por conta de uma lesão que contraiu no último jogo do fim-de-semana, não podendo ser substituído.

Os restantes “estrangeiros”, como David Malembana (que espreita a estreia), Kambala Geny Catamo e Luís Miquissone, estão em Maputo desde segunda-feira, pelo que seguem com a comitiva esta tarde para os Camarões.

Com efeito, Horácio Gonçalves só terá oportunidade de trabalhar com o grupo completo apenas amanhã, no treino oficial que deverá acontecer às 16.00 horas, por sinal a hora do jogo de sexta-feira.

Moçambique chega a este difícil embate com os “Leões Indomável” em último lugar do Grupo “D”, com um ponto, menos dois que os Camarões, que ocupam o segundo, em parceria com o Malawi.

O grupo é liderado pela Costa do Marfim, com quatro pontos. A essa situação faz com que os “Mambas” tenham obrigação de ganhar ou no mínimo empatar no território camaronês, algo que não se afigura fácil.

Aliás, os Camarões lutam abertamente pela qualificação ao Mundial, não fossem uma das selecções africanas com mais participações em campeonatos do mundo, com sete presenças, em 1982, 1990, 1994, 1998, 2002, 2010 e 2014.

Depois da derrota na Costa do Marfim, os “Leões Indomáveis” são obrigados a amealhar pontos, pelo que a vida dos “Mambas” será tudo menos fácil em Doualá, a maior cidade dos Camarões, que fica a cerca de 240 quilómetros da capital política, Yaoundé.

E porque esta é uma dupla jornada frente aos camaroneses, a comitiva nacional vai deixar Doualá na manhã de sábado rumo ao Marrocos, onde na próxima segunda-feira as duas selecções voltam a medir forças para a quatro jornada.

Refira-se que no ano passado, numa dupla jornada de acesso ao CAN-2021, Moçambique perdeu ambos os jogos para os Camarões. No primeiro foi goleado (1-4) e no segundo perdeu por 0-2, no Zimpeto.

EIS A LISTA DOS CONVOCADOS

GUARDA-REDES: Ernani, César e Ivan.

DEFESAS:Ciganinho, Fidel, Bonera, Martinho, Betão, Zainadine, Mexer, Malembana, Reinildo e Danilo.

MÉDIOS: Nené, Kambala, Shaquille, Nilton, Geny e Miquissone.

AVANÇADOS: Kamo-Kamo, Melque, Dayo, Lau King, Estêvão e Victor Jr.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here