12.4 C
Maputo
Sexta-feira, 1 - Julho, 2022

Falta de equipamento de vigilância dificulta fiscalização nas fronteiras

+ Recentes

A fraca disponibilidade de equipamento de vigilância nas fronteiras da província de Cabo Delgado, dificulta a actividade de fiscalização nos diversos postos de travessia e de controlo fixos naquela parcela do país.
O porta-voz da direcção provincial da Migração, em Cabo Delgado, que avançou o facto, sábado, à Rádio Moçambique, disse que a situação facilita a imigração ilegal.
“Em relação às porosidade das fronteiras, falamos de dificuldades técnicas, algumas fronteiras não possuem edifícios, bem como meios que possibilitem a implantação de material tecnológico para um controlo do procedimento migratório a partir do nosso sistema central, usado na sede e em todos os pontos onde haja corrente eléctrica e redes de comunicação móvel. É correcto dizer que poderá haver fragilidade em alguns pontos, devido a esses pequenos constrangimentos que foram levantados”, disse Ivo Sampanha.
Durante os primeiros três meses do ano em curso, os nove postos de travessia e quatro de controlo fixos, existentes em Cabo Delgado, notificaram cento e oitenta e três infracções migratórias, sendo que deste número, quinze são por imigração clandestina e falta de vistos de entrada.

Leia mais…

- Publicidade-spot_img

Destaques