21.6 C
Maputo
Sexta-feira, 20 - Maio, 2022

MEMBRO NÃO-PERMANENTE DO CS: PR enaltece apoio à candidatura do país

+ Recentes

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, reiterou e agradeceu o apoio manifestado por sete países à candidatura moçambicana para membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, cuja eleição acontecerá em Junho próximo.

A manifestação foi feita ontem pelo Presidente da República, no acto da acreditação de sete novos embaixadores e altos comissários que passam a trabalhar em Moçambique, nomeadamente de Timor-Leste, Congo, Malawi, Arábia Saudita, Vietname, Coreia do Sul e Egipto.

Por outro lado, expressou a solidariedade e empenho conjunto destes países na prevenção e combate à pandemia da Covid-19, em Moçambique.

“Reiterou a utilidade da implementação do acordo geral de cooperação entre os nossos países, instrumento que irá propiciar a celeridade do investimento directo da Arábia Saudita em Moçambique em diversas áreas como agricultura, turismo, infra-estruturas e indústria”, explicou a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo Ndlovu.

Com Timor-Leste manifestou a necessidade da implementação proactiva dos instrumentos de cooperação assinados entre os dois países, a solidariedade timorense com as vítimas dos ciclones Idai e Kenneth e a importância do fortalecimento da cooperação no seio da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Com o Malawi destacou a importância das relações de amizade, solidariedade bem como de cooperação entre ambos e a nível da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Foram acreditados Francisco Branco, de Timor-Leste; Constant-Serge Bouda, Congo; Fahd Abdullah Aleisa, da Arábia Saudita; Pham Kim, do Vietname; Choi Sok, da Coreia do Sul; Walid Elmeligy, do Egipto; e Wezi Moyo, alta comissária do Malawi.

- Publicidade-spot_img

Destaques