Pecuária alivia medidas de controlo da febre aftosa

0

AS autoridades pecuárias decidiram há dias aliviar as medidas de controlo de movimento de animais impostas na sequência de episódios de febre aftosa nas províncias de Maputo e Tete.

A revisão deve-se à melhoria da situação epidemiológica nas duas regiões, facto aliado aos avanços alcançados na vacinação de gado bovino nas zonas de alto risco de eclosão da doença no país.

De acordo com a Direcção Nacional de Desenvolvimento Pecuário (DNDP), desde Outubro de 2020 que não há registo de casos da febre aftosa nas regiões onde haviam sido decretadas restrições no movimento de animais.

Com efeito, já é permitido o movimento de bovinos, caprinos, suínos e ovinos destinados à criação, a partir das províncias de Maputo, Gaza e Tete, desde que sejam provenientes de curais vedados.

Apesar do relaxamento das medidas, a orientação do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER) é que o abate de animais deve ser feito em estabelecimentos com condições de maturação da carne durante 24 horas.

Nos locais de abate deve haver limpeza e desinfecção dos veículos após a descarga dos animais, devendo o inspector emitir uma declaração da sua desinfecção junto com o pedido de credencial para novo transporte de animais.

Nas províncias onde a febre aftosa não tenha sido reportada, é permitido o movimento de animais, desde que sejam provenientes de áreas de exploração vedadas, mediante a inspecção visual e que não sejam encontrados sinais da doença.

Nestes casos, as autoridades recomendam a observância dos procedimentos para o trânsito interno de animais e a exibição de credencial, autorização e/ou certificado de registo do meio de transporte, emitidos pela Veterinária.

Refira-se que as medidas em vigor podem ser revistas em função da evolução da situação sanitária.

A febre aftosa é classificada como uma das doenças trans-fronteiriças mais importantes no mundo devido à sua capacidade de rápida transmissão e propagação, com impactos económicos negativos devido à imposição de medidas que impedem o acesso ao mercado.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.