Director: Júlio Manjate

O Presidente da República, Filipe Nyusi, elogiou, hoje, o apoio prestado pelo Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, e da instituição, que dirige, pelo apoio concedido a Moçambique, durante a ocorrência e período pós-ciclones Idai e Kenneth, que assolaram o centro e norte do país.

Nyusi falava, há momentos, em declaração à imprensa, depois da audiência concedida ao Secretário-Geral na ONU, António Guterres.

O Chefe do Estado moçambicano reconheceu, igualmente, o esforço de Guterres na mobilização do apoio das forças vivas, aos países membros na ONU, e das agências das Nações Unidas, que estiveram prontas para apoiar Moçambique e continua a mobilizar, para a reconstrução das zonas atingidas pelos ciclones Idai e Kenneth.

“No encontro, que tivemos, partilhamos informações diversas do sector político, social, económico, sobre os passos, que estamos a dar no dossier da Paz, o primado principal do povo moçambicano”, referiu Nyusi, agradecendo o acompanhamento que este responsável faz a todos os processos do país, e que vai cuminar com o alcance da paz definitiva.

Falou ainda dos esforços em curso sobre a descentralização, a lei que já foi ensaiada nas autarquias de 2018, e sobre a lei que foi aprovada pela Assembleia da República, por unanimidade, que vai nortear as eleições de 15 de Outubro deste ano.

Expliquei os procedimentos, que estão em curso no âmbito do DDR, (desmobilização, desmilitarização e reintegração), e a nossa expectativa é de que antes das eleições gerais de Outubro, não haja partidos armados, e que todos possamos celebrar a festa da democracia, sem receio, nem medo.

“Lamentavelmente, passamos a informação sobre os grupos de malfeitores, que estão a actuar no norte da província de Cabo Delgado, onde, trocamos opiniões sobre o combate multilateral, porque, estas forças são de muitas proveniências. Foi importante a experiência que o SG da ONU nos transmitiu na combinação das forças para combater esses grupos”, avançou.

Por sua vez, António Guterres disse que veio a Moçambique expressar a sua solidariedade com o povo e com o Governo que devastado por situaçao difícil. O povo moçambicano atravessou aquilo que, “considero extremamente difícil”, a ocorrência de dois ciclones devastadores, e reconheço a capacidade de resposta, salvamento, o anúncio da reconstrução e a resiliencia para o futuro. “Estes fenómenos mostram claramente o efeito das mudanças climáticas”, frisou.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction