Director: Júlio Manjate

A Frelimo faz uma avaliação positiva do desempenho das autarquias da Matola, Boane, Namaacha e Manhiça, na província de Maputo, no mandato em curso.
Não obstante os desafios que ainda prevalecem nas quatro autarquias, a Frelimo destaca as realizações que estão a produzir um impacto directo na vida dos munícipes, de acordo com o balanço feito ontem, num encontro que o primeiro-secretário provincial, Avelino Muchine, manteve com os edis da Matola, Calisto Cossa; de Boane, Jacinto Loureiro; de Namaacha, Manuel Munguambe; e Manhiça, Luís Munguambe; entre outros membros e quadros dos órgãos autárquicos.
O encontro, que teve lugar na cidade da Matola, serviu para fazer uma radiografia do cumprimento dos respectivos manifestos eleitorais, já transformados em programas de governação.
Segundo Avelino Muchine, falando à imprensa, a reunião visou aferir o nível de cumprimento do manifesto e, acima de tudo, o nível de satisfação dos munícipes. 
“Nós não estamos aqui para fazer julgamentos, mas sim para encontrar formas de acelerar o cumprimento dessas metas. Há um manifesto que cada município se propôs a realizar, aprovado pelo partido, e compete ao mesmo fazer essa avaliação”, disse, citado pela AIM.
“Em termos numéricos, já andamos por aí... entre 13 e 15 por cento daquilo que é o manifesto global, e em termos do plano anual já estamos em 50 por cento, o que significa que estamos num bom caminho. Há, naturalmente, algumas chamadas de atenção que serão necessárias fazer”, sublinhou o primeiro-secretário da Frelimo a nível da província de Maputo.
Jacinto Loureiro disse que a edilidade de Boane está em permanente trabalho, no que concerne à realização do manifesto eleitoral proposto para a governação naquela autarquia.
“A nossa prioridade, actualmente, é água e energia. No primeiro mandato fizemos muito trabalho e, neste, a nossa prioridade é concluir o que começamos no mandato anterior, que é, basicamente, dar água, melhorar as estradas, a energia ainda não chega em todos os quarteirões, entre outros desafios existentes no nosso município”, afirmou.
Calisto Cossa, edil da Matola, destaca a melhoria das vias de acesso, entre outras realizações com impacto na vida dos munícipes.
“Do ponto de vista de prioridade, olhando para a componente das vias de acesso, para além das que já foram feitas, existem as que já estão em curso em bairros de expansão. A electrificação é um desafio, sabemos que Matola está a crescer, reconhecemos que ainda não atingimos na plenitude todos os bairros, mas, felizmente, há uma colaboração com a Electricidade de Moçambique (EDM), no sentido de se concretizar o processo”, disse Cossa, falando do cumprimento do seu manifesto eleitoral.
Os presidentes dos Conselhos Autárquicos tomaram posse, em todo o país, em Fevereiro último e esta é a primeira avaliação que a Frelimo faz dos municípios sob sua direcção na província de Maputo.

 

   

 

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction