Director: Júlio Manjate

Arrancaram, ontem na vila de Inhaminga, distrito de Cheringoma, província de Sofala, as cerimónias que assinalam, hoje, os 45 anos do massacre de Inhaminga, com a realização de uma mesa redonda ocorrida naquela vila-sede.

Esta iniciativa acontece numa altura em que Inhaminga celebra 57 anos de elevação à categoria de vila.

Sendo o ARPAC responsável pela pesquisa, divulgação e documentação, conservação e registo do património cultural, está a coordenar estas actividades, cujas pesquisas foram feitas ao longo de dois anos e meio

"Dentro deste património, encontramos a História e nesta mesa redonda apresentam-se várias reflexões em torno dos massacres coloniais, enquadrados no contexto da Luta de Libertação Nacional na zona Centro do país.

Na zona Centro do país foi aberto a Frente de Manica e Sofala, em 1972, associada à abertura desta linha de combate houve uma série de acontecimentos, que visavam o avanço da Luta e, consequentemente, a proclamação da Independência Nacional.

Nós fizemos um processo de divulgação dos resultados das pesquisas, que é para que compreendam o processo da luta. Este trabalho de pesquisas vai culminar com a publicação de um livro de memória”, referiu a fonte.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction