Director: Lázaro Manhiça

MAIS de cinco milhões de dólares norte-americanos estão a ser investidos para o relançamento da produção de camarão em cativeiro no distrito de Inhassunge, na província da Zambézia.

A retomada da produção do camarão em cativeiro está a ser acompanhada pela introdução de novas técnicas visando o aumento da produção e produtividade, redimensionamento da infraestrutura e transferência de tecnologias para as comunidades locais e instituições de ensino superior.

O director de produção da AQUAPESCA, promotora do projecto, disse há dias que a actividade ficou paralisada durante cinco anos, na sequência de uma doença, denominada mancha branca, que afectou a produção.

Em entrevista ao “notícias”, após a assinatura de um memorando de entendimento entre a AQUAPESCA e a Universidade Licungo (UNILICINGO), Vicente Ernesto afirmou que as previsões para a campanha em curso apontam para 200 toneladas.

A produção do camarão em cativeiro sofreu um revés em 2011, depois de um longo período de prosperidade de produção comercial, iniciada em 1994.

Vicente Ernesto afirmou que a assinatura do acordo com a Universidade Licungo visa a participação da empresa no desenvolvimento social e comunitário neste domínio da produção de camarão em cativeiro.

Entretanto, a vice-reitora da Universidade Licungo, Cecília Singo, considera que o entendimento entre a instituição que dirige e a AQUAPESCA inicia um projecto concreto que consiste na implantação de um projecto nas instalações da universidade. O acordo, ainda segundo Singo, vai permitir a partilha de infraestruturas e empregabilidade da mão-de-obra qualificada

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction