Director: Júlio Manjate

A Trans African Concessions (TRAC) manifestou, hoje, preocupação com as queixas e reclamações relacionadas com alegados assaltos à mão armada que ocorreram, recentemente, na Estrada Nacional número quatro (N4) junto das obras do Nó de Tchumene, na província de Maputo.

Segundo um comunicado emitido pela TRAC, a concessionária da N4, desencoraja motoristas de conduzir em baixo da ponte sobre o rio Matola (Nó de Tchumene) onde os alegados assaltos sucederam se ou  usar outros atalhos para acederem a secção V da circular de Maputo.

Apesar das obras do Nó de Tchumene não serem da responsabilidade da ANE, a Concessionária contactou as autoridades policiais locais, solicitando o aumento da visibilidade e o patrulhamento na área, num esforço para deter os criminosos.

Além disso, incentivamos os utentes da estrada a assumirem responsabilidade pela sua própria segurança, evitar o uso de rotas que desconhecidas, conduzir com as portas trancadas e janelas fechadas, bem como, não levar pessoas no local, entre outras medidas de segurança.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction