A esposa do Presidente da República, Isaura Ferrão Nyusi, efectua nos dias 29 de Novembro e 1 de Dezembro de 2018 uma visita de trabalho à província de Maputo.

Nesta visita, a esposa do Presidente da República irá escalar, sucessivamente, os Centros de Saúde de Ndlavela e de Acolhimento da Organização Social São Gabriel e o Lar Nova Esperança, no âmbito do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA.

A visita ao Centro de Saúde de Ndlavela inicia às 09.00 horas e contempla as áreas de consulta de crianças em risco, serviço de amigo adolescente e jovem, centro de atendimento integrado para questões ligadas à violência baseada no género, e maternidade, que inclui oferta de enxoval ao bebé recém-nascido.

Nesta deslocação, a esposa do Presidente da República far-se-á acompanhar de quadros do Conselho Nacional de Combate à Sida, membros do governo da província de Maputo e colaboradores.

Comments

Os residentes do posto administrativo de Machangulo, distrito de Matutuíne, província de Maputo, clamam pela afectação de uma ambulância e transporte de passageiros para permitir a comunicação com a vila-sede,  Bela-Vista, e a cidade de Maputo.

Mateus Maquele, secretário do bairro Ngomene, em Machangulo, falando ao jornalNotícias, disse que as populações daquela região sofrem e pedem a alocação de uma ambulância e meios de transporte terrestre e marítimo para garantir a mobilidade de pessoas e bens.

Maquele referiu que desde que foi interdito o serviço de transporte de passageiros, via marítima, devido aos naufrágios que frequentemente se registavam nos barcos de pesca e transporte de carga, as deslocações de e para aquela região se tornaram um pesadelo.

A fonte acrescentou que para chegarem à cidade de Maputo os habitantes de Machangulo são obrigados a usar a via que passa da Reserva Especial de Maputo, uma rota muito longa e perigosa, devido à presença de animais bravios e apenas transitável por viaturas com tracção às quatro rodas.

O secretário apontou também a falta de ambulância como sendo o auge do sofrimento dos habitantes de Machangulo.

“Outro grande problema que apoquenta a nossa população é a falta de ambulância para transportar doentes para o hospital da vila-sede de Matutuíne, para pacientes que necessitam de intervenção dos serviços não disponíveis localmente. Para o efeito recorremos a viaturas particulares que não oferecem as mínimas condições para transportar doentes e numa via não preparada para o trânsito automóvel”.

Afirmou que já se registaram casos em que os doentes ficaram retidos no meio da mata, impedidos de prosseguir a viagem pela presença de elefantes, e  às vezes cercados por estes mamíferos de grande porte.

“Enquanto se espera que estes animais de grande porte abandonem o local  para se retomar a marcha da viatura, a doença dos pacientes agudiza-se e em certos casos a pessoa morre”- disse a terminar, reiterando a necessidade de alocação dos meios solicitados com a brevidade possível.

SAMUEL UAMUSSE

Comments

AS pequenas embarcações como os “Transportes Boa Viagem” e “Mapapai” fizeram-se ao mar com novas tarifas, a partir de ontem, quarta-feira, passando de 15 para 10 meticais por passageiro, medida encontrada pelos gestores para atrair passageiros perante a concorrência suscitada pela inauguração da ponte. Leia mais

 

Comments

O TRANSPORTE marítimo continua a ser preferência para os que residem e/ou trabalham numa e noutra margem da baía de Maputo, não obstante a abertura, sábado, da Ponte Maputo-KaTembe.

Comments

A EMPRESA Caminhos-de-Ferro de Moçambique (CFM) ameaça interditar a circulação de comboios do serviço Metrobus por alegada falta de pagamento de taxas de uso da linha férrea e inobservância das normas do sistema de gestão de segurança ferroviária. Leia mais

Comments

Subcategorias

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction