Opinião

Politica

OFICIAIS superiores das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) visitaram ontem a redacção deste jornal, em Maputo, com o objectivo de compreender a realidade ...

sexta, 20 setembro 2019
Leia +

Nacional

A província de Gaza tem como meta, para os próximos 10 anos, a redução da pobreza extrema para menos de 23 por cento, no contexto do Plano Estratégico da ...

sexta, 20 setembro 2019
Leia +

Desporto

A VIGÉSIMA jornada do Moçambola reserva-nos amanhã um “clássico” entre o Ferroviário e o Desportivo, ambos de Maputo, e que obviamente vai arrastar ...

sexta, 20 setembro 2019
Leia +

Beira

OS vendedores do chamado Bazar Filipe, no 18º bairro Ndunda 1, na cidade da Beira, voltaram a clamar pela colocação de lombas ou de uma ponte aérea, na ...

sexta, 20 setembro 2019
Leia +
Pub
SN

Economia

A EMPRESA Aeroportos de Moçambique defende um investimento para instalação de sistemas de frio nas cidades de Quelimane e Tete, com vista a facilitar o transporte dos produtos de ...

sexta, 20 setembro 2019
Read more

Tecnologias

A AFRICA CodWeekouSemana de CodificaçãoemÁfricatem contribuído para a massificação da literacia digital, que é uma das atribuições do ...

sexta, 20 setembro 2019
Leia +

OPERAÇÕES de pesquisa sísmica marinha de petróleo e gás serão lançadas na próxima semana na costa das províncias da Zambézia e Nampula, com o objectivo de apurar indicadores sobre a presença destes hidrocarbonetos em quantidades que justifiquem exploração comercial.

A pesquisa, que se prolongará até Abril de 2018, será feita numa extensão de vinte quilómetros da costa das duas províncias, podendo abranger os distritos de Memba, Ilha de Moçambique, Nacala-à-Velha, Nacala Porto e Mossuril, em Nampula; Quelimane, Nicoadala, Namacurra, Maganja da Ciosa, Chinde e Pebane, na Zambézia.

No âmbito deste exercício, serão colhidas amostras que ajudarão a determinar se há ou não reservas de petróleo e gás natural nestas regiões, incluindo determinar as quantidades.

Ligado a este programa, a cidade de Quelimane acolheu na última quinta-feira uma reunião pública para apresentação do cronograma do trabalho de pesquisa. O representante da Petrolium, Bruno Webder, afirmou durante a discussão que todas as questões de segurança marítima, impacto ambiental e segurança das espécies marinhas já foram acauteladas, pelo que há condições para se avançar com a pesquisa.

Ainda de acordo com o representante da Petrolium, uma das duas multinacionais que estarão envolvidas nos trabalhos, a pesquisa visa, acima de tudo, fazer o mapeamento dos recursos naturais.

Entretanto, alguns representantes de organizações da sociedade civil presentes no seminário mostraram reservas quanto ao destino das receitas decorrentes da exploração de petróleo e gás, mas ainda assim afirmaram que a actividade pode melhorar a economia.

Dados apurados pelo “Notícias” indicam que o primeiro estudo feito em 2012, em Micaune, distrito de Chinde, apontou para a existência de indícios de ocorrência de petróleo. Aliás, no período colonial tinha iniciado, na mesma região, uma prospecção sísmica, tendo sido depois abandonada.

Jocas Achar

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction