Director: Júlio Manjate

A região Centro do país manteve, durante a semana passada, a tendência registada nos últimos tempos em que se assumia como importante fornecedor da zona Sul.

Segundo dados revelados pelo Sistema de Informação sobre Mercados Agrícolas (SIMA), a zona Norte continua a abastecer os distritos da mesma região. Contudo, destacam-se os seguintes mercados: no mercado de “Xikhelene”, na cidade de Maputo, registou-se a entrada de milho branco proveniente do distrito de Nhamatanda, onde os compradores pagaram 30,00 Mt pela lata de 5 litros. Ainda neste mercado registou-se a presença de milho da campanha 2013/2014 que estava a ser vendido a 900,00 Mt o saco de 70 kg e 225,00 Mt a lata de 20 litros.

No mercado da cidade de Chókwè continua a dar entrada milho branco de produção local, mas, desta vez, produzido no distrito de Guijá, onde a lata de 20 litros custou 170,00 Mt ao produtor.

O distrito de Gorongosa também foi abastecido com milho de produção local, concretamente dos postos de Nhamazi e Vunduzi, onde a lata de 5 litros custou 20,00 Mt e a mesma unidade é vendida a 30,00 Mt ao consumidor.

Relativamente a leguminosas destaca-se a entrada no mercado grossista do Bazuca, na cidade de Maputo, de feijão manteiga e catarino do distrito de Angónia, província de Tete, onde foram comprados a 28,00 Mt/kg e 27,00 Mt/kg, respectivamente.

A cidade da Maxixe registou a entrada de feijão manteiga, catarino e magnu do distrito de Angónia, onde os três tipos de feijão foram adquiridos a 27, 00 Mt/kg no local da compra.

Os postos administrativos de Nhamazi e Vunduzi foram igualmente importantes no abastecimento de feijões manteiga e catarino ao mercado da vila-sede, onde a lata de 5 litros custa 250,00Mt e 260,00 Mt, respectivamente.

No amendoim, a província de Nampula notabilizou-se no fornecimento daquela oleaginosa (grande e pequena) na maioria dos mercados. Para a presente semana destacam-se os seguintes mercados:

O amendoim pequeno sem casca encontrado no Mercado Grossista do Bazuca na cidade de Maputo tendo como origem a província de Nampula, onde custou 30,00 Mt/kg.

O amendoim pequeno sem casca à venda na cidade de Xai-Xai foi adquirido na cidade de Nampula onde o preço pago foi de 20,00 Mt/kg.

Em Massinga deram entrada grandes quantidades de amendoim pequeno sem casca produzidos na província de Nampula onde custou 37,00 Mt/kg.

No mercado da vila-sede de Gorongosa foi registado amendoim pequeno sem casca e com casca de produção local (posto de Vunduzi) onde o preço da lata de 5 litros do amendoim sem casca é de 280,00 Mt e com casca 35,00 Mt.

PREÇOS CAEM

Em termos gerais, os preços de milho branco baixaram na maioria dos mercados nos diferentes níveis de recolha. Contudo, importa realçar as descidas de preços do cereal branco ao nível do produtor nos seguintes mercados: Chimoio (-33%), Nhamatanda (-29%), Gorongosa (-20%), Mutarara (-14%) e Cuamba (-13%), a única subida a este nível aconteceu no mercado de Ribáué (+15%).

A nível retalhista, merecem atenção os mercados de Chimoio (-30%), Mocuba (-29%), Nhamatanda (-25%), Mutarara (-22%), Xai-Xai (-20%), Chókwè (-17%) e Cuamba (-10%). Esta tendência de preços tem como principal factor a presença de milho da presente época de comercialização nos mercados, não obstante as cheias que atingiram a zona Norte e parte do Centro no início do ano.

As variações de preços para o feijão nhemba foram notáveis no mercado de Nhamatanda, onde o preço subiu em (+60%) no produtor, passando o comprador a pagar 24,15 Mt/kg contra 15,00 Mt/kg observados na semana passada.

A nível retalhista importa destacar o mercado de Quelimane com uma subida de (+33%), tendo passado de 15,00 Mt/kg para 20,00 Mt/kg, seguido do mercado de Chókwè com uma subida de (+25%) passando a custar 33,55 Mt/kg.

O feijão manteiga nacional subiu de preço nos mercados de Nhamatanda (+33%) e Malema (+13%) a nível do produtor. No retalhista, destacam-se os mercados de Ribáué com uma subida de (+20%) e o mercado de Xai-Xai com uma descida de (-17%).

A maioria dos mercados retalhistas não registou variações no preço de amendoim pequeno sem casca, contudo, importa referir as descidas observadas nos mercados de Chókwè (-29%), Mutarara (-20%), Nhamatanda (-14%) e Inhambane (-10%). O preço mais alto para este produto foi registado no mercado de Gorongosa, onde o consumidor pagou 75,85 Mt/kg, seguido de Nhamatanda, Beira, Tete e Quelimane que praticaram 60,00 Mt/kg.

 

 

 

Mercado

Milho branco

Arroz corrente

Feijão manteiga

27/04/15

04/05/15

27/04/15

04/05/15

27/04/15

04/05/15

MAPUTO

13,45

12,70

25,00

25,00

47,55

49,53

XAI-XAI

14,29

11,43

30,00

30,00

60,00

50,00

CHÓKUÈ

14,91

12,42

30,00

30,00

50,00

50,00

INHAMBANE

-

-

28,00

28,00

55,00

50,00

MAXIXE

8,16

8,16

27,00

27,00

50,00

50,00

MASSINGA

14,03

14,37

27,00

27,00

50,00

50,00

GORONGOSA

5,44

6,53

25,00

25,00

49,49

49,49

NHAMATANDA

9,14

6,86

25,00

25,00

50,00

50,00

CHIMOIO

11,43

8,00

27,00

30,00

35,00

35,00

TETE

10,29

10,29

35,00

35,00

25,00

25,00

MUTARARA

10,29

8,00

26,00

25,00

-

50,00

ANGÓNIA

12,57

11,81

30,00

30,00

25,00

25,00

QUELIMANE

7,14

7,14

30,00

30,00

40,00

40,00

A.MOLÓCUÈ

10,29

10,29

28,00

30,00

50,00

50,00

NAMPULA

10,29

10,29

25,00

25,00

50,00

50,00

RIBÁUÉ

8,57

9,71

30,00

30,00

50,00

60,00

MALEMA

8,57

8,57

25,00

25,00

25,00

25,00

MONTEPUEZ

-

13,33

25,00

25,00

25,00

-

LICHINGA

8,57

8,57

45,00

45,00

40,00

40,00

CUAMBA

9,71

8,76

35,00

35,00

50,00

50,00

 

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction