Director: Júlio Manjate

MOÇAMBIQUE encontra-se actualmente classificado entre os três primeiros países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) com elevada taxa de acesso à energia eléctrica. O facto foi revelado em Maputo pelo Ministro da Energia, Salvador Namburete, na VII Reunião Anual Conjunta entre o Ministério da Energia e os parceiros de cooperação.

“Os progressos são assinaláveis na implementação do Programa Quinquenal do Governo, bem assim nas actividades previstas no Plano Económico e Social para 2013, destacando-se que do total de 128 distritos, hoje temos 112 electrificados através da Rede Eléctrica Nacional. Esta fasquia coloca o país entre os três primeiros países na região, com elevada taxa de acesso à energia”, disse.

O governante destacou igualmente o facto de a electrificação estar a ter um impacto positivo no desenvolvimento social e económico, incluindo na atracção de investimentos, promoção do uso produtivo de energia e, de forma geral, na melhoria da qualidade de vida do povo.

“Existe uma preocupação crescente do Governo em disponibilizar energia em condições de segurança e fiabilidade a um número cada vez maior da população moçambicana. O Governo está igualmente a empreender acções com vista a responder à crescente demanda de energia, através da aposta em projectos de geração com recurso a diferentes fontes de energia de que o país é dotado”, frisou.

Num evento que visava avaliar os desenvolvimentos mais recentes no sector de energia e no qual participaram representantes de países como a França, Japão, Portugal, Espanha, Noruega, Suécia, Bélgica, Brasil, Coreia, Dinamarca, Reino Unido e de instituições como União Europeia, Banco Mundial, Banco Africano de Desenvolvimento, entre outros, Salvador Namburete destacou o facto da posição e papel de Moçambique na região da SADC estarem a concorrer para que o país exporte o excedente da energia produzida.

No que respeita às energias renováveis, Salvador Namburete destacou “o contributo significativo que as mesmas têm desempenhado no aumento do acesso à energia no país, com destaque para a criação de condições de prestação de serviços públicos de saúde, educação e abastecimento de água, com destaque para as zonas em que a Rede Eléctrica Nacional não chegará a médio e longo prazo”.

“Reconhecendo a necessidade de promover as oportunidades de investimento neste domínio, está em curso a elaboração do Atlas de Energias Renováveis e o regime tarifário para as energias renováveis (feed-in-tariff), que serão aprovados este ano pelo Conselho de Ministros”, disse.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction