Imprimir
Categoria: Economia
Visualizações: 1069

O Ministério da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, vai introduzir neste quinquénio reformas para garantir um ambiente saudável de negócio no país.

Mesquita falava em Lichinga, no Niassa, que a reforma visa criar um pacote que garante um melhor ambiente de negócios ao empresariado nacional e aos investidores estrangeiros com interesses de operar em Moçambique.

O dirigente afirmou, num encontro com os empresários de Lichinga, que outro desafio do sector é de criar uma plataforma de defesa do empresariado nacional, de modo a sentir-se em pé de igualdade com os investidores estrangeiros.

Por sua vez Inocêncio Sotomane, presidente do conselho empresarial do Niassa, mostrou-se preocupado com o encerramento total de alguns estabelecimentos, mesmo cumprindo na íntegra as orientações do Decreto do Estado de Emergência, no país.

(Notícias/RM)