Director: Júlio Manjate

O médico congolês e Prémio Nobel da Paz 2018, Denis Mukwege, anunciou o lançamento de um fundo mundial de reparação às vítimas de violência sexual, que será oficializado a 31 de Outubro.

"Continuaremos a reclamar justiça para as vítimas em todo o mundo, traçando uma linha vermelha contra a impunidade. Continuaremos a bater-nos pelo projecto do fundo mundial de reparação, no qual trabalhamos desde 2010 e que será lançado, oficialmente, a 31 de Outubro de 2019", disse Denis Mukwege.

O anúncio foi feito através dos canais oficiais da Fundação Panzi, numa mensagem divulgada a propósito do 20º aniversário do Hospital Panzi, fundado por Denis Mukwege, em Bakuvu, cidade da província do Kivu do Sul, na República Democrática do Congo (RDCongo), a 01 de Setembro de 1999.

O hospital, que acolhe feridos e deslocados de guerra, tornou-se num centro de excelência para o tratamento de vítimas de violência sexual, no contexto de conflitos.

"Vinte anos após a primeira operação, na sequência de uma violação com extrema gravidade, em 1999, o Hospital de Panzi tratou mais de 55 mil vítimas de crimes sexuais", adiantou Denis Mukwege.

Segundo o médico, este é um número em constante crescimento, registando de cinco a sete mulheres a darem entrada, diariamente, no hospital devido à violência sexual.

"O hospital de Panzi tornou-se num refúgio para a mulheres à procura de tratamento", acrescentou.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction