Director: Júlio Manjate

Dialogando: A seriedade da DPASAN… - Mouzinho de Albuquerque

UM documento da Direcção Provincial de Agricultura e Segurança Alimentar de Nampula (DPASAN) diz que ela e seus parceiros de cooperação têm vindo, de há alguns anos a esta parte, a levar a cabo eventos relacionados com o lançamento oficial das campanhas agrícolas, que servem para estimular os produtores pelo seu desempenho, no quadro da luta pela erradicação da pobreza.

“Neste contexto, vimos pela presente convidar à V.Excia a fazer cobertura jornalística do lançamento da campanha agrícola 2019/2020, no dia 28 de Outubro corrente, na localidade de Mecuasse, no distrito de Ribáuè”, refere o documento assinado pelo próprio director provincial de Agricultura e Segurança Alimentar de Nampula, Jaime Roberto Chissico.

Entretanto, três dias antes da realização do lançamento da campanha, o chefe do gabinete de comunicação e imagem naquela direcção informou-nos que a partida para Ribáuè, no dia 28 de Outubro, seria exactamente às 5.30h. Naquele dia chegámos àquela direcção à hora combinada. Só que nos deparámos com uma situação um tanto ou quanto surpreendente, relacionada com a falta de viaturas para levar os jornalistas convidados à Ribáuè, a ponto de se fazerem arranjos, abastecendo com combustível algumas viaturas que não são da Direcção Provincial de Agricultura e Segurança Alimentar. Ficámos surpreendidos porque foi pela primeira vez que cobrimos um evento daquela instituição numa viatura que não é sua. Contudo, mesmo com um meio de transporte “estranho” à DPASAN, chegámos a Mecuasse num ambiente muito poeirento. Porque não conhecíamos o local da cerimónia, ficámos “acomodados” num dos alpendres onde seriam feitos os discursos oficiais. É que os jornalistas nem programa das actividades a realizar possuíam. O mais estranho ainda é que o próprio chefe do gabinete de comunicação e imagem também não o tinha. A falta de informação fez com que os jornalistas não fossem à machamba do agricultor Regua Chipangue, por onde começou a cerimónia orientada pelo governador Victor Borges, o que não terá agradado ao chefe dos Serviços Provinciais de Extensão Rural, que chegou a se zangar com eles, que, logo à partida, não tinham culpa pela aparente desorganização da sua direcção. Aliás, essa desorganização fez com que se criasse um ambiente azedo, não só entre o chefe daqueles serviços e o do gabinete de comunicação e imagem, como entre este último e outros membros da DPASAN. Tudo isto concorreu para que o chefe de gabinete de comunicação e imagem fosse demitido imediatamente das suas funções depois do lançamento da campanha.

“Veja só que nem tive programa da cerimónia. Por isso não conhecia o local da recepção do governador. É estranho também que algumas pessoas galardoadas, incluindo alguns jornalistas, pura e simplesmente não tenham sido chamadas para receberem os seus prémios”, comentário do chefe ora demitido.

Se no caso dos jornalistas com a atribuição dos prémios a DPASAN queria evidenciar pela primeira vez a grande contribuição do jornalismo para o desenvolvimento do sector agrícola, ainda numa província como Nampula, em que apesar de ser maior produtora de alimentos com teor nutritivo, os índices de desnutrição crónica continuam altos em crianças dos 0 aos 5 anos de idade, então a falta do anúncio dos contemplados por razões aparentemente de lacunas, desorganização ou insuficiências da sua própria actuação roçou o vilipêndio, injúria, desprezo e desrespeito a eles (jornalistas). A nossa preocupação aqui não é, evidentemente, ficar com os prémios, longe disso. Nunca pedimos distinção com galardão por quem quer que seja. Estamos, sim, preocupados com a aparente falta de seriedade consubstanciada no abuso de algumas instituições, como terá sido neste caso, quando olham à comunicação social.

É nossa percepção que criar uma ideia ilusória de uma direcção de agricultura e segurança alimentar em crescimento ou com sucesso no desempenho das suas tarefas, “atacando” ou secundarizando o papel dos jornalistas, é absolutamente mau, e não queremos acreditar que a DPASAN queira enveredar por esse caminho. O essencial aqui é que se por exemplo queremos distinguir as pessoas neste caso jornalistas, com galardões, como sinal de reconhecimento inequívoco do seu trabalho em prol do desenvolvimento agrícola, então vamos ser sérios.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction