Director: Lázaro Manhiça

Limpopo: Lockdown não me espantaria (César Langa-Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.)

 

ESTÁ todo o mundo na expectativa, ou mesmo ansioso em ouvir o que dirá o mais alto magistrado da nação, o Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, nos próximos dias, em relação ao ponto de situação sobre o novo coronavírus no nosso país, com o mês de Maio a caminhar para o fim e, consequentemente, o fim do segundo mês da vigência do estado de emergência.

Particularmente, mais do que ansioso, estou antecipadamente assustado com o que poderei ouvir do Presidente da República, em razão do que tenho estado a acompanhar sobre os níveis de propagação da Covid-19, no solo pátrio, com o número de infecções diárias a aumentar e a ter disparado no passado domingo, com o registo de 26 casos, ainda que também tenha sido resultado de um grande número de amostras (516) não antes testado. Seja como for, tentando estabelecer uma proporcionalidade, numa média de 200 testes diários, o recorde prevalece, contra os quatro ou menos casos que vinham sendo a média diária.

Arrisco-me mesmo a dizer que só um recém-nascido pode não saber da existência da covid-19, pois a partir da altura em que um menor de seis anos deixa de ir à escola, o conhecimento das causas fica lá, tudo isto, pela quantidade de mensagens veiculadas sobre esta pandemia, num esforço conjugado entre as autoridades sanitárias, órgãos de informação, lideranças locais, redes sociais, e mais plataformas.

Paradoxalmente, este vasto conhecimento, a cada dia que passa, vai contrastando com as atitudes das pessoas que, unilateralmente, começam a relaxar as medidas de prevenção, antes mesmo da orientação superior que, segundo a minha leitura nas estatísticas, estas (as medidas) poderão ser bem agravadas. É que os mercados continuam a registar enchentes semelhantes aos que se verificavam antes de se decretar o estado de emergência. Os transportes de passageiros não reduziram a lotação e logo não respeitando o recomendado distanciamento social. As crianças não vão ás aulas, mas pululam nas ruas. As máscaras só são usadas pata contornar as autoridades.

Pelo andar da carruagem, até acaba ficando a impressão de o decreto presidencial sobre o estado de emergência trazer consigo alguma carga de injustiça para os desportistas, que não produzem espectáculos e, em alguns casos, sujeitos a reduções salariais. Parece-me, o estado de emergência, ser injusto para os estudantes, que não podem estar em contacto directo com os professores, sujeitando-se ao virtual processo de ensino-aprendizagem, com todas as desvantagens daí decorrentes. Parece ser injusto para os exploradores das barracas, agora obrigados ao jogo de gato-e-rato com Mahindra.

Tirando estes casos que acima enumerei, tudo leva a crer que a vida é levada normalmente, como se a pandemia não existisse entre nós. Como se a Covid-19 fosse assunto dos outros. Como se o novo coronavírus fosse algo inventado pelas autoridades com a finalidade de fazer sofrer as pessoas.

Agora, como disse no início, as pessoas esperam ouvir o Presidente da República a falar do relaxamento das medidas de prevenção, como se fosse um mero exercício, sem critérios, de dizer apenas: “Podemos sair de casa”. Mas, com aquele número de menores recolhidos, semana passada, nos mercados grossista e Limpopo, na cidade de Xai-Xai, com aquele grande grupo de passageiros obrigados a desembarcar dos transportes, no meio do percurso, por desrespeito à lotação, com aqueles vendedores ambulantes a deambularem na vila da Macia, sinceramente, não acredito que as condições estejam criadas para o relaxamento.   

Aliás, um lockdown não me espantaria. Jogando limpo(po).

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction