Director: Lázaro Manhiça

Sigarowane: Daqui a dois dias (Djenguenyenye Ndlovu)

 

POISé,meu caro Syabonga, numa das cartas que escreveste, em resposta á minha, dizias da longa estrada que havias percorridoe reclamavas a minha atenção no que dizias e no que não dizias. Que já tinhas vivido o suficiente para que eu nunca visse erro em ti desde o tal dia em que alcançaste a doce faixa sexagenariana e começaste a planar por longas horas,permitindo várias compras na loja. Agora sim, já não permites críticas no espaço do amor,que já não é da reprodução da vida, para ti, dizes. De alegria e do prazer.Recordas-te dessa carta?

Falamos em celebrar essa tua entrada na idade doce e ainda não o fizemos,tãosomente porque ainda não pudemos fazê-lo com aqueles abraços, com aquelas gargalhadas que até justificam a carinha de bebé que é a tua,mas sempre celebramos,celebramos perto de um coqueiro ou de um cajueiro, na esteira ou naquela cama tipo três quartos, a cama de amor. Pois, meu caro. Aquelas grandes têm tudo menos de celebrações da vida depois de meio litro de vinho da palmeira, a surra.

Recebeste muitos presentes naquele dia, o mais significativo para ti, como depois contaste, foi o da madrugada.Doce madrugada. Nunca antes tinhas atingido tamanha realização. Por mais tempo ficaste na cama,num sono malandro e merecido.

Estavas contente.

Afinal ainda é possível!Disseste enquanto brincavas um cigarro de marca palmar e um black label na varanda da baía que a natureza te doou enquanto não chegava a hora de muitos parabéns e cá deste lado,era a alegria do teu sorriso imaginado, da larga camisa kaki com um maço de cigarros no bolso esquerdo, os cabelos salpicados de cinza. As sobrancelhas também.Gozámos a ausência do teu sorriso e do teu abraço,gozamos a tua ausência que encheu os nossos corações, o nosso momento de verdade naquela esquina ou em toda a esquina da nossa vida.

Embora me custe aceitar,tenho de lembrar que estou no ante-gozo dessa sexagenairisse redentora. Daqui a dois dias entro para essa doçura da vida,a planar por longas horas, e não um caça-bombardeiro, que é nessa fase da vida que a vida começa.

Vou receber presentes, sim senhor. Já posso comprar os livros que quiser e saboreá-los no banco de um jardim qualquer,numa esquina qualquer, um coleman, um banquinho e adentrar um bosque e deixar-me absorver pela natureza,ficar com os netos a me cobrarem pizzas e leite de coco, a darem pinos nos sofás...

Daqui a dois dias gostava de ver amigos e juntos pularmos,como é agradável depois de uns copos aniversariais,como sempre aconteceu,verdade nem sempre possível dar um abraço a todos,mas “todos”presentes no espaço da luz,da música,da conversa, de troca de endereços e de novo conhecimento. Disso tudo,apenas recordação. E isso alimenta.

Irmão não haverá o caldo da madrugada, a dobrada da madrugada e a baba que só a vinte deixava os músculos em condições. Tudo isso não vai acontecer,mas somente por conta do coronavírus,que combate o abraço,a alegria colectiva,o amor. Tivesse pensado, as pessoas a convidar podiam subescrever uma petição para a constituição de uma ordem qualquer que permitisse a participação de pelomenos cento e cinquenta pessoas. Já é tarde. Mas há-de acontecer que um dia celebremos, juntos, este doce estágio da vida e cuidaremos de contar como é aos que aspiram.

De modo que daqui a dois,não sei aonde,quando acordar vou tomar o meu café com óleo de coco,depois dos remédios que me sustentam passam dezenas de anos,e tentar ver os sessenta anos e nove meses de vida,de amor e carinho,provavelmente não devidamente retribuído a quem o merece, a quem mo debitou. De amizades sem igual, de lealidades monstras, de emoções tamanhas, ainda na posição fectal.

Eu já posso gastar o meu dinheiro como quiser, que até nem me custará nada fazê-lo de tão pouco que é, como comprar livros, alugar txopelas para me deixarem na baía, que disso posso, também, desfrutar, mas sem a surra. Mas com xidanguana que o cajuainda está a caminho.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction