O transporte de passageiros com destino a Durban, Joanesburgo e Rustemburgo, na África do Sul, a partir do Terminal Rodoviário Internacional de Passageiros da Cidade de Maputo, tende a voltar à normalidade após perto de duas semanas de paralisação, na sequência dos ataques xenófobos neste país. LEIA MAIS

Comments

OFICIAIS superiores das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) visitaram ontem a redacção deste jornal, em Maputo, com o objectivo de compreender a realidade diária e os mecanismos de produção e funcionamento do “notícias”. Trata-se de 24 oficiais superiores que frequentam o curso de Comando e Estado-Maior Conjunto no Instituto Superior de Estudos e Defesa “Tenente-General Armando Emílio Guebuza” e a visita enquadra-se na disciplina de Comunicação e Relações Públicas do curso de mestrado. Leia mais

Comments

O PAÍS assinala hoje 45 anos da tomada de posse do Governo de Transição, resultante da assinatura, a 7 de Setembro de 1974, do Acordo de Lusaka entre a então Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) e o Estado português. A assinatura deste acordo marcou o ponto final àluta armada de libertação nacional ao abrigo do qual, entre outras coisas, a Frelimo designou como Primeiro-Ministro do Governo de Transição Joaquim Chissano, enquanto o Estado português tinha como representante o Alto-Comissário para Moçambique, Victor Crespo. Leia mais

Comments

Um membro do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) morreu, segunda-feira, em Nhamtanada, província de Sofala, vítima de acidente de viação.

A informação foi confirmada por Jacinta Luís dos Remédios, membro da brigada central do MDM para a cidade da Beira, durante mais uma jornada da campanha eleitoral da sua formação política para as eleições presidenciais, legislativas e das assembleias provinciais de 15 de Outubro próximo.
“O nosso membro fazia parte de uma caravana do partido que estava em campanha eleitoral naquele distrito e se fazia transportar numa motorizada, tendo se envolvido num acidente fatal, quando uma viatura cortou prioridade ao motociclista”, explicou, citado pela AIM.
Sem avançar detalhes, nem a identidade da vítima, Jacinta dos Remédios disse aguardar-se pelo trabalho de perícia e, sobretudo, pela marcação da data do seu funeral.

Comments

A chefe da brigada do partido Frelimo de assistência à província de Nampula, Margarida Talapa, deplorou o facto de alguns partidos da oposição estarem a imitar o manifesto eleitoral daquela formação política.

Talapa, que não nomeou os partidos envolvidos no plágio do manifesto da sua formação política, teceu estas críticas na última quarta-feira na vila-sede do distrito costeiro de Moma, quando falava para militantes e simpatizantes do seu partido, no fim de uma marcha por ela liderada ao longo da principal rua da vila.
A vila-sede de Moma, que dista a cerca de 210 quilómetros da capital Nampula, foi o ponto de partida de uma acção de campanha eleitoral que nos próximos dias levará Talapa a outros pontos do litoral meridional da província.
Na óptica de Talapa, os imitadores são partidos sem ideias, nem perspectivas, que se contentam em imitar e tentar se apropriar de ideias alheias.
“Será a essas pessoas em quem devem confiar para entregar o comando dos destinos de Moçambique?”, questionou.
A título de exemplo, a fonte apontou o facto de o actual governo da Frelimo, através do seu presidente, ter já anunciado a gratuitidade em Moçambique do ensino primário até o término do secundário-geral.
“O nosso presidente anunciou esse facto, mas estamos a ouvir alguns partidos a afirmarem tal intenção como se de uma ideia sua e inovadora se tratasse. Por falta de ideias até as canções do nosso partido imitam”, afirmou Talapa.
Na sua interacção com a população de Moma, Margarida Talapa voltou a defender a ideia de que só com a Frelimo é que o desenvolvimento do país terá continuidade, tal como aconteceu até agora com a construção de infra-estruturas sociais.
O distrito de Moma é considerado o principal centro pesqueiro da província de Nampula e Margarida Talapa garantiu que mais empregos serão criados no próximo ciclo de governação naquela área e não só.
“Temos projectos para o desenvolvimento da indústria pesqueira e da agricultura, haverá muito investimento, mas para isso contamos com o voto de todos”, apelou.
A chefe da brigada central de assistência a Nampula manteve, ao longo do dia de quarta-feira, encontros separados com líderes comunitários e influentes de Moma, jovens e mulheres das organizações sociais da Frelimo.
No distrito de Moma, foram inscritos 101 320 eleitores, que irão votar em 153 mesas, que funcionarão em 56 assembleias de voto.

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction