O governador da província de Maputo, Raimundo Diomba orientou hoje em Mbuzine, na África do Sul, as cerimónias comemorativas dos 31 anos da morte de Samora Machel e seus acompanhantes.

No seu discurso, Raimundo Diomba enalteceu as qualidades do primeiro Presidente de Moçambique independente, qualificando-o como sendo um homem persistente na luta pela paz harmonia em todo o mundo.

Diomba destacou o papel do ex-chefe de Estado moçambicano no combate do “Apartheid” na África do Sul, consubstanciado no apoio da luta do Congresso Nacional Africano (ANC) contra o então regime do “Apartheid”. “Samora fê-lo sem olhar para as consequências, quer para si como para o seu povo”, observou o governante, falando para cerca de 300 pessoas que assistiram às cerimónias de Mbuzine.

Diomba chefiava a delegação moçambicana presente na cerimónia e era acompanhado pelo embaixador moçambicano na África do Sul Paulino Macaringue.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction