O Arcebispo de Maputo, Francisco Chimoio, defendeu que o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional, assinado este mês, não deve ser mais uma peça teatral, porque o povo moçambicano está cansado de conflitos armados.

“É necessário que haja vontade política por parte do Governo e da Renamo para que este acordo não seja mais um teatro”, afirmou Francisco Chimoio, em declarações, ontem, à Televisão de Moçambique (TVM).

O Governo e a Renamo devem respeitar os compromissos que assumiram para que o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional possa prevalecer, disse.

“O nosso desejo é que se respeitem os anseios do povo moçambicano, porque está cansado de guerras”, declarou Francisco Chimoio.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Ossufo Momade, assinaram no passado dia 06 do mês em curso, em Maputo, o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional.

O pacto é o terceiro entre o Governo da Frelimo e a Renamo.

O primeiro foi assinado em 1992, para pôr termo à guerra civil de 16 anos, e o segundo foi rubricado em 2014, após confrontos entre o braço armado da Renamo e as Forças de Defesa e Seguranca, na sequência da recusa do principal partido da oposição em reconhecer os resultados das eleições gerais.

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction