Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 2104

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, nomeou hoje Lúcia Fernanda Buinga Maximiano do Amaral para o cargo de presidente do Tribunal Administrativo.

Segundo um comunicado da Presidente da República recebido esta tarde na Redacção do “Notícias”, o Chefe do Estado nomeou Lucia do Amaral, depois de ouvir o Conselho Superior da Magistratura Judicial Administrativa.

Lúcia do Amaral nasceu em Maputo em 1953. Concluiu a licenciatura em direito em 1990, pela Universidade Eduardo Mondlane. Frequentou os Estudos de língua francesa na Universidade Católica de Paris, de 1997 a 1999, e Pós-Graduação, em 1999, na Universidade de Paris X – Nanterre.

Dos cargos ocupados destacam-se os de directora pedagógica do Centro de Formação Jurídica e Judiciária (CFJJ) e membro do Conselho Técnico do Ministério da Justiça (2001 a 2004).

A magistrada foi conselheira na Embaixada de Moçambique na França (1996-2001); conselheira na Embaixada de Moçambique em Moscovo (1991-1996); directora-geral do Instituto Nacional de Assistência Jurídica (INAJ) (1988-1992); e delegada do Procurador da República junto da 3ª Secção Criminal do Tribunal Popular Provincial de Maputo (1978-1980).