O Presidente Filipe Nyusi disse ontem que os grupos armados que têm protagonizado ataques nos distritos da província de Cabo Delgado são financiados por falsos empresários, alguns dos quais já estão presos.

“Eles fazem-se passar por empresários e recrutam jovens para estas acções. Alguns deles já estão presos”, afirmou o Chefe do Estado, falando num comício em Socone, na província da Zambézia, no centro de Moçambique, onde efectua uma visita de trabalho.

Nyusi reiterou o apelo aos jovens daquela província para denunciarem promessas de emprego suspeitas, uma estratégia que tem sido usada pelos financiadores destes ataques, referiu.

“Queremos apelar à juventude para não aceitar estes convites. Os moçambicanos estão a morrer, de ambos os lados”, recordou o Presidente moçambicano, acrescentando que as comunidades devem denunciar estes casos.

“Eles estão a levar os jovens para usá-los para os seus interesses, que ainda não se sabe quais são”, avisou Filipe Nyusi.

Comments

A RENAMO pede uma auditoria externa e independente ao recenseamento eleitoral realizado este ano para as eleições gerais e das assembleias provinciais de 15 de Outubro. Segundo o maior partido da oposição em Moçambique, os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) publicados recentemente no seu site contrariam as projecções que a Comissão Nacional de Eleições (CNE) havia aprovado através da Deliberação 88/CNE/2019,de 23 de Junho, a mesma que motivou o partido a apresentar recurso ao Conselho Constitucional para declaração de nulidade no dia 1 de Julho. Leia mais

Comments

A EX-PRESIDENTE da Liga dos Direitos Humanos, Maria Alice Mabota, é candidata presidencial pelaColigação Aliança Democrática (CAD) nas eleições de 15 de Outubro. Para o efeito, a candidatura foi formalizada ontem ao Conselho Constitucional. Com este acto, Alice Mabota torna-se a primeira mulher no país a concorrer a este cargo nas eleições até agora. Leia mais

Comments

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, afirmou que os conflitos pós-eleitorais que o país tem vivido nos últimos tempos não devem ser perpetuados, pois obstruem a agenda de desenvolvimento. Segundo o Chefe do Estado, independentemente dos resultados que saírem das eleições gerais e das assembleias provinciais de 15 de Outubro, os moçambicanos não se devem desviar do foco de trabalhar para a manutenção da paz, condição essencial para a promoção do desenvolvimento socioeconómico. Leia mais

Comments

O Presidente da República, Filipe Nyusi, que se encontra desde a manhã de hoje até amanhã, de visita à província da Zambézia, prometeu o apetrechamento do bloco operatório do hospital distrital de Ile.

O facto foi anunciado, durante um comício popular no posto administrativo de Socone.

Nyusi revelou que o apetrechamento da unidade sanitária será feita pela empresa Portucell, que desenvolve as plantações de extracção de pasta de produção de papel, segundo uma reunião, que o estadista teve com os gestores da companhia em Lisboa.

Depois de Ile. o Chefe do Estado moçambicano vai escalar, sucessivamente, os distritos de Gilé, Pebane e Mocuba, onde tem agendado encontros com os Governos locais, comícios populares, visitas a empreendimentos de interesse económico e social, bem como, interagir com diferentes segmentos da sociedade.

Nesta deslocação, o Presidente Filipe Nyusi far-se-á acompanhar pelos ministros do Interior, Jaime Basílio Monteiro, da Agricultura e Segurança Alimentar, Higino de Marrule, vice-ministros da Administração Estatal e Função Pública, Albano Macie, do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Oswaldo Petersburgo, do Mar, Águas Interiores e Pescas, Henriques Bongece, governador da província de Inhambane, Daniel Chapo, quadros da Presidência da República e de outras instituições do Estado.

 

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction