Opinião

Politica

A ORGANIZAÇÃO dos Continuadores de Moçambique deve privilegiar parcerias com instituições que trabalham em prol da criança, como forma de complementar os ...

domingo, 21 julho 2019
Leia +

Nacional

AGNALDO JOSÉ O distrito de Chicualacuala, na província de Gaza, projecta construir um sistema de abastecimento de água, no Posto Administrativo Eduardo Mondlane, com vista a ...

domingo, 21 julho 2019
Leia +

Desporto

A Direcção de Educação e Desenvolvimento Humano da Cidade de Maputo reuniu-se com os pais e encarregados de educação dos 130 atletas que vão ...

segunda, 22 julho 2019
Leia +

Beira

A Assembleia Municipal da Beira, reunida na sua sessão ordinária, aprovou o seu plano  integrado de gestão de resíduos sólidos, que prevê, entre outros ...

segunda, 22 julho 2019
Leia +
Pub
SN

Economia

A operadora portuguesa EuroAtlantic Airways manifestou o seu interesse em cooperar com as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) para permitir o regresso da transportadora de bandeira ...

segunda, 22 julho 2019
Read more

Tecnologias

O Presidente da República, Filipe Nyusi, defende a necessidade de se avaliar o grau de cumprimento das medidas e protocolos aprovados para a redução da emissão dos gases ...

domingo, 21 julho 2019
Leia +

As ruas reabilitadas da cidade de Quelimane vão ostentar nomes de heróis nacionais, escritores e músicos “filhos da terra” que muito contribuíram nas suas áreas para o crescimento da urbe. A proposta neste sentido será submetida, dentro dos próximos dias, à Assembleia Municipal pela edilidade local, segundo deu a conhecer esta quarta-feira o respectivo edil, Manuel de Araújo, por ocasião do 70º aniversário de elevação da urbe à categoria de cidade.

Caso a Assembleia Municipal aprove a proposta na próxima sessão, a Avenida Marginal passará a chamar-se Bonifácio Gruveta Massamba, herói nacional perecido há dois anos. Uma das ruas de Quelimane, já reabilitada poderá, igualmente, ostentar o nome de José Carlos Lobo, também falecido no acidente de Mbuzine que vitimou também Samora Machel, primeiro Presidente de Moçambique independente.

Os outros nomes são dos falecidos músicos locais Dr. Mussa Rodrigues e Eduardo Carimo; do escritor Eduardo White, ainda em vida, e Alberto Cassimo, ex-governador do Banco de Moçambique, cujas denominações serão colocadas em placas nas ruas dos bairros Kansa, Popular, Sagrada e outros.

O chefe da edilidade de Quelimane, disse aos munícipes que acorreram ao monumento erguido em memória dos Heróis Moçambicanos para assinalar a passagem do dia da cidade que o documento já está preparado, cabendo à Assembleia Municipal respeitar a vontade dos munícipes.

Manuel de Araújo afirmou, na ocasião, que a elaboração do documento a ser submetido na próxima semana ao órgão deliberativo resulta de consultas feitas nos bairros da cidade. Explicou que muitos munícipes, de diferentes gerações, aconselharam a edilidade para atribuir aqueles e outros nomes às ruas da cidade como forma de reconhecimento do trabalho desenvolvido nas áreas em que cada um se destacou nos diferentes contextos histórico-politico, cultural e de desenvolvimento.

O edil referiu que a atribuição daqueles nomes às ruas da cidade não tem nada a ver com as cores partidárias mas uma vontade dos munícipes de elevar os feitos heróicos dos filhos mais queridos, ou os que ainda vivem e, em diferentes campos, vão fazendo Quelimane crescer.

PROPOSTO MONUMENTO DO SOLDADO DESCONHECIDO

Esta afirmação vem juntar-se a uma promessa de construir um Monumento ao Soldado Desconhecido, uma alusão de muitos moçambicanos que contribuíram em vários domínios da vida para o crescimento de Quelimane, em particular, e do país, em geral, mas que pouco têm sido lembrados.

Entretanto, o governador da Zambézia, Joaquim Veríssimo, que participou na cerimónia, afirmou que o executivo continua a prestar apoio ao município para levar acabo projectos que contribuam para a melhoria das condições socioeconómicas dos munícipes. Um desses exemplos, segundo Veríssimo, é o projecto de expansão e reabilitação de valas de drenagem que visa a melhoria das condições de higiene e saneamento do meio da urbe.

As confissões religiosas convidadas para o acto advogam que o governo municipal deve desenhar e pôr em marcha um Plano Director de Reordenamento da cidade de Quelimane bem como de alternativas para escoar o trânsito rodoviário dado o crescimento do parque automóvel.

Inusso Ismael, da Comunidade Muçulmana da Zambézia disse, na ocasião, que os bairros apresentam problemas sérios de ordenamento, o que concorre para a degradação das condições ambientais e com elas as doenças endémicas.

Diversas actividades culturais e desportivas, com destaque para a corrida de bicicletas, música ao vivo e danças tradicionais marcaram a festa da passagem da data da cidade.

JOCAS ACHAR

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction