Opinião

Politica

A ORGANIZAÇÃO dos Continuadores de Moçambique deve privilegiar parcerias com instituições que trabalham em prol da criança, como forma de complementar os ...

domingo, 21 julho 2019
Leia +

Nacional

AGNALDO JOSÉ O distrito de Chicualacuala, na província de Gaza, projecta construir um sistema de abastecimento de água, no Posto Administrativo Eduardo Mondlane, com vista a ...

domingo, 21 julho 2019
Leia +

Desporto

A Direcção de Educação e Desenvolvimento Humano da Cidade de Maputo reuniu-se com os pais e encarregados de educação dos 130 atletas que vão ...

segunda, 22 julho 2019
Leia +

Beira

UMA média diária de 200 pessoas que perderam os seus Bilhetes de Identidade, na sequência da passagem do ciclone Idai, na cidade da Beira, têm estado nos últimos ...

segunda, 22 julho 2019
Leia +
Pub
SN

Economia

A AREIA dragada do canal de acesso ao Porto da Beira já pode ser repassada para aterros e obras de construção civil, naquela cidade, desde que o município ou outra ...

segunda, 22 julho 2019
Read more

Tecnologias

O Presidente da República, Filipe Nyusi, defende a necessidade de se avaliar o grau de cumprimento das medidas e protocolos aprovados para a redução da emissão dos gases ...

domingo, 21 julho 2019
Leia +

A APLICAÇÃO do Acordo Ortográfico tem estado a ser “absolutamente pacífica” em São Tomé e Príncipe, disse à Agência Lusa a directora executiva do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), Marisa Guião de Mendonça.

“Penso que a aplicação do Acordo Ortográfico em São Tomé e Príncipe tem estado a ser absolutamente pacífica, mas neste início de ano farei uma visita a este país e uma das minhas ideias é verificar como é que o processo está a decorrer”, declarou a responsável.

Marisa Mendonça adiantou ainda à LUSA que na sua deslocação ao país pretende também “perceber que tipo de apoio as autoridades nacionais são-tomenses necessitam para uma implementação mais eficaz, mais rápida e mais conseguida do acordo e que tipo de apoio poderá dar o IILP”.

São Tomé e Príncipe ratificou o Acordo Ortográfico de Língua Portuguesa em 2006, sendo o quarto país a fazê-lo.

O anúncio foi feito durante o Seminário Internacional de Língua Portuguesa e suas Literaturas no Rio de Janeiro, a 14 de Dezembro de 2006, ocasião em que Albertino Bragança, escritor e deputado de São Tomé e Príncipe, recordou a polémica para unificar as duas ortografias oficiais de língua portuguesa – a lusitana/africana e a brasileira.

O Acordo Ortográfico foi assinado a 16 de Dezembro de 1990 por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, mas não podia entrar em vigor por não ter sido ratificado por todos os países. 

Contudo, a aprovação de uma adenda ao Acordo Ortográfico, em Julho de 2004, em São Tomé e Príncipe durante a Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) tornou possível a sua entrada em vigor.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction