PHC

Director: Lázaro Manhiça

CINCO cidadãos de nacionalidade malawiana estão à contas com as autoridades, desde há dias, na cidade de Cuamba, província de Niassa, após terem sido surpreendidos na posse de documentos nacionais que se supõe terem sido alugados.

A detenção dos indivíduos, que se encontravam de viagem num autocarro proveniente de Ngaúma, foi possível mercê da fiscalização da Polícia.

As autoridades apreenderam três bilhetes de identidade, duas cédulas pessoais e um talão de BI.

O porta-voz da Direcção Nacional de Identificação Civil (DNIC), Alberto Sumbane, afirmou que das investigações feitas, constatou-se que alguns moçambicanos têm alugado os documentos a estrangeiros por 17 mil Kwachas (13 mil meticais).

Sumbane apontou que os indivíduos que portavam as cédulas pessoais pretendiam tratar o BI.

“Estes receberam os talões de BI, mas não obtiveram o documento, mercê da atenção dos funcionários da DNIC”, comentou, acrescentando que a maioria dos malawianos busca pela documentação moçambicana para chegar à África do Sul facilmente.

O porta-voz indicou que, noutras ocasiões, 12 indivíduos foram neutralizados na posse de documentos moçambicanos.

Indicou ainda que a Polícia investiga a localização dos titulares dos documentos cativados para a sua responsabilização.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction