Imprimir
Categoria: Nacional
Visualizações: 745

O MINISTRO da Saúde, Armindo Tiago, garantiu hoje na Assembleia da República que a partir do mês de Junho  inicia de forma a testagem da Covid-19 nas províncias de Sofala e subsequentemente Zambézia, Tete, Nampula e Cabo Delgado.

Tiago falava há momentos na sessão de respostas do Governo às perguntas de insistência apresentadas pelos deputados no Parlamento.

“A partir de Junho vamos começar a testagem paulatina de Covid-19, primeiro em Sofala e a seguir nas províncias da Zambézia, Tete, Nampula e Cabo Delgado, porque a nossa visão é nacional,” afirmou Tiago.

A fonte acrescentou que a partir de Outubro o cronograma indica que teremos capacidade de fazer testagem nas províncias de Gaza, Inhambane, Manica e Niassa e, dessa forma, o país estará coberto. 

O ministro da Saúde explicou que a maior dificuldade para a instalação de laboratórios de testagem da Covid-19 é a falta de reagentes a nível internacional para o uso nos equipamentos laboratoriais da Gen-Experts, uma vez que os países produtores estão sendo assolados pela pandemia.

 “Como é do nosso conhecimento, começámos a testar no edifício do Instituto Nacional de Saúde, onde existe capacidade tecnológica acreditada a nível internacional, como laboratório de referência, com equipamento e recursos humanos que permitem dar resposta às pandemias”, explicou.

“O processo de expansão é feito com base no aproveitamento do equipamento existente em instituições de investigação, de modo a garantir a testagem imediata da Covid-19. Em segundo lugar, aquisição de reagentes e consumíveis para o equipamento laboratorial existente no país, mas a única dificuldade é a falta de disponibilidade de reagentes”, sublinhou.

Membros do Governo encontram-se hoje, pelo segundo dia consecutivo, na Assembleia da República, a prestar esclarecimentos às perguntas de insistência apresentadas pelos deputados das bancadas da Renamo e do MDM.