Director: Júlio Manjate

A província de Tete registou nos últimos quatro anos uma evolução da rede escolar no ensino superior e técnico-profissional, contando, actualmente, com 26 estabelecimentos distribuídos um pouco por todos os distritos desta região do país.

Segundo o Governador de Tete, Paulo Auade, em encontro que teve recentemente, na Vila do Songo, distrito de Cahora-Bassa, com docentes e estudantes deste subsistema de ensino, no presente ano lectivo as 16 escolas do Ensino Técnico-Profissional matricularam 5042 estudantes nas várias especialidades, entre as quais Electricidade-Auto, Serralharia, Mecânica, Carpintaria e Construção Civil.

“Deste efectivo de estudantes, 2487 estão nos estabelecimentos do ensino da rede pública e 2555 na rede privada’’, acrescentou.

Relativamente ao Ensino Superior, Paulo Auade revelou que para este nível de escolaridade funcionam, em Tete, cerca de 10 estabelecimentos, com um efectivo de 13 200 estudantes, um ligeiro decréscimo, devido ao encerramento de uma escola que não reunia os requisitos básicos para o seu normal e adequado funcionamento.

Ainda no quadro do desenvolvimento do capital humano e social, o governante afirmou que a rede escolar foi expandida para 1286 estabelecimentos de ensino de todos os níveis e subsistemas em toda a província de Tete, correspondendo a um crescimento de cerca de 1,7 por cento.

Este incremento permitiu melhorar o acesso ao ensino e elevar a sua qualidade, sobretudo nas comunidades rurais, onde a carência de infra-estruturas de educação ainda se faz sentir com alguma acuidade.

“Entraram em funcionamento, este ano, em alguns distritos da província, 20 escolas do Ensino Primário, e no Ensino Secundário foi oficializada a Escola Primária e Completa de Úlonguè, no distrito de Angónia.

Para o ensino-aprendizagem, o governo contratou neste ano lectivo 535 novos professores, sendo 449 para o Ensino Primário do 1º grau, 76 para o EP2, e apenas 10 para o Secundário Geral.

“Ainda temos um défice de 313 professores para responder às necessidades nos diversos níveis de escolaridade e, neste momento, estão a leccionar em pleno, em toda a província, 12 644 professores’’, lamentou Auade.

Relativamente à distribuição de equipamento escolar, durante o primeiro semestre deste ano foram alocadas aos estabelecimentos de ensino, com maior percentagem para o Ensino Primário do 1º grau, cerca de 4025  carteiras duplas.      

Com este mobiliário, o número de alunos que assistiam aulas sentados no chão reduziu de 28 204 para 12 104, havendo, no entanto, necessidade de alocação de 36 166 carteiras duplas para suprir o défice, no global.

Para a elevação das competências básicas de leitura e escrita no Ensino Primário do 1º grau, ao nível da província, este ano foram distribuídos 1 287 000 livros escolares para todas as EP1 e EP2.

BERNARDO CARLOS

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction