Imprimir
Categoria: Ciência, Tecnologia e Ambiente
Visualizações: 982

O CONSELHO de Representação do Estado na província de Maputo vai notificar os operadores que extraem areia grossa para a construção civil no leito do Rio Incomáti, causando danos ambientais e, em alguns casos, comprometendo a prática da agricultura. As escavações feitas no leito e margens do rio para a extracção de areia desviam o fluxo da água, além de perigarem a navegabilidade. Os camponeses queixam-se desta actividade e defendem que a extracção de areia para a indústria de construção civil não deve afectar a agricultura e a segurança alimentar dos que têm nos rios a sua fonte de sobrevivência. Leia mais