APÓS FALHAS NA PRESIDÊNCIA DE ZUMA: Justiça sul-africana cria nova unidade anti-corrupção

0

A JUSTIÇA sul-africana criou uma nova unidade anti-corrupção, após um relatório ter questionado a sua eficácia no combate ao crime a nível do Estado durante a Presidência de Jacob Zuma, anunciou na quarta-feira a Procuradoria-Geral do país. 

A primeira parte do relatório da comissão de inquérito presidida pelo juiz Raymond Zondo, encarregada de investigar a corrupção durante a era Zuma, entre 2009 e 2018, foi entregue ao Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, na semana passada.

O documento de mais de 800 páginas, contendo quase quatro anos de testemunho, conclui, entre outras coisas, que a capacidade da Autoridade Nacional do Ministério Público (NPA, na sigla em inglês) para processar judicialmente tem sido minada por anos de interferência política.

A NPA, que reconheceu o problema, disse numa declaração que tinha formado uma nova equipa “task-force” com a unidade de Polícia de elite da África do Sul, os “Hawks”.

Leia mais…

Jornal Notícias
+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.