Viúva de ex-PR do Zimbabwe contesta exumação de corpo

0

A VIÚVA do ex-presidente do Zimbabwe Robert Mugabe protestou ontem contra a decisão do tribunal de exumar os restos mortais do seu marido para o santuário nacional em Harare.

Robert Mugabe morreu em 06 de Setembro de 2019, aos 95 anos, dos quais 37 foram passados como presidente do Zimbabwe.

O ex-presidente foi sepultado na sua aldeia natal, em Kutama, a cerca de 100 quilómetros a oeste da capital, após dias de disputas entre a sua família e o Governo, que queriam definir o seu local de enterro.

Os seus familiares tinham-se oposto ao plano das autoridades de o enterrar no Acre de Heróis Nacionais em Harare, um santuário reservado para as altas personalidades do país, onde se tinha iniciado a construção de um mausoléu especial.

Grace Mugabe foi condenada em Maio de 2021 ao pagamento da doação de cinco vacas e duas cabras, por ter enterrado o marido no pátio de sua casa.

O tribunal tinha também ordenado a exumação e o enterro dos restos mortais de Robert Mugabe em Harare, como o Governo tinha inicialmente pedido, para a prestação de uma última homenagem.

Os filhos de Mugabe contestaram a decisão em tribunal, mas esta foi confirmada.

Segundo os documentos publicados pelo tribunal, Grace Mugabe recorreu da decisão, dizendo que esta era “grosseiramente irregular e irracional”, de acordo com a agência France-Presse.

Mugabe foi deposto em Novembro de 2017, através de um golpe militar com a ajuda do seu próprio partido, a União Nacional Africana do Zimbabwe – Frente Patriótica. Foi através deste golpe que se instalou no poder o actual Presidente Emmerson Mnangagwa. 

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.