DESASTRES NATURAIS: PR apela à maior atenção aos avisos prévios

0
66

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, apelou ontem às comunidades para acatarem as mensagens e os avisos prévios, emitidos pelas autoridades de gestão de desastres, sobre a ocorrência de eventos extremos para evitar danos humanos e infra-estruturais, que só retardam o progresso.

Em mensagem por ocasião do Dia Internacional para Redução de Desastres, assinalado todos os anos a 13 de Outubro, Filipe Nyusi disse lembrando que a data pretende alertar para a necessidade de adopção de políticas e práticas de prevenção e mitigação dos riscos de desastres naturais, aumentando assim a resiliência das comunidades.

Moçambique é um dos países do mundo mais propenso aos desastres naturais, por causa da sua localização geográfica, sendo que as mudanças climáticas propiciam a susceptibilidade aos ventos fortes, temporais, ciclones, cheias, inundações, secas entre outros eventos extremos.

“Anualmente, perdemos vidas humanas, animais, diversas culturas e inúmeras infra-estruturas públicas e privadas”, recordou o Chefe de Estado moçambicano.

Segundo o Presidente da República, no mundo, o impacto dos desastres é ainda grave nos países mais pobres, razão pela qual, o lema das celebrações deste ano, que se realizam no contexto da Covid-19 é “Fortalecer a Cooperação Internacional para Países em Desenvolvimento por Forma a Reduzir o Risco e as Perdas por Desastres”.

Enquanto, por um lado, se reconhecem as dificuldades em evitar os desastres, por outro, têm-se consciência de que os danos que eles causam podem ser reduzidos com a tomada de algumas medidas.

“Uma destas medidas é evitarmos práticas que prejudicam o meio ambiente, em particular o solo. A má gestão do solo, por desmatamento ou outras prácticas, causa a sua degradação, resultando na erosão, salinização e outros problemas, reduzindo a sua capacidade de mitigação das alterações climáticas e da protecção da biodiversidade”, frisou Filipe Nyusi na sua mensagem.

Para marcar a data teve lugar ontem, na KaTembe, cidade de Maputo, um exercício de simulação no quadro dos preparativos das autoridades e equipas de socorro para fazer face a presente época chuvosa, na qual são esperadas chuvas normais com tendência para acima do normal.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here