Mais de 50 cidadãos retidos por violar Decreto Presidencial em Chimoio

0

Pelo menos 52 cidadãos foram retidos entre sábado e domingo e oito estabelecimentos comerciais foram encerrados na Cidade de Chimoio, capital da província de Manica, por desobedecer o Decreto Presidencial, aprovado no âmbito da calamidade pública devido à pandemia de Covid 19.
Segundo o Chefe do Departamento das Relações Públicas do Comando Provincial da PRM em Manica, Mário Arnaça, em declarações à Rádio Moçambique, alguns retidos serão alvo de um processo criminal por desacato às autoridades e condução ilegal ou sob efeito de álcool.
Os cidadãos foram surpreendidos a consumirem bebidas alcoólicas em barracas e a circularem na via pública depois das zero horas, período determinado para o recolher obrigatório.
A operação que envolveu as autoridades da Polícia da República de Moçambique (PRM), Conselho Municipal da Cidade de Chimoio e da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) resultou, também, na apreensão de cinco viaturas e uma motorizada.
A acção da PRM acontece dias depois de ter sido detectada e anunciada a nova variante da Covid-19 pelas autoridades sul-africanas, facto que obrigou o Governo de Moçambique, através do Ministério de Saúde, a intensificar o controlo de movimento migratório nas fronteiras, sobretudo com a África do Sul. (AIM)

+ posts
Jornal Notícias
+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.