Sector de Educação em Manica necessita de 158 milhões de meticais para reconstrução

0

O sector da Educação e Desenvolvimento Humano em Manica necessita de cerca de cento e cinquenta e oito milhões de meticais, para a reposição de quinhentas e oitenta e sete salas de aula destruídas devido à passagem do ciclone Idai e inundações em Março último.

 As salas de aula destruídas são de duzentas escolas de construção precária e convencional, uma situação, que afecta a mais de quarenta e sete mil alunos e novecentos e quinze professores.

Segundo a Rádio Moçambique, a informação foi tornada pública pelo director provincial de Educação e Desenvolvimento Humano de Manica, Estêvão Rupela, durante a quinta reunião provincial de Planificação deste sector, que decorre desde  quinta-feira na cidade de Chimoio.

Rupela explicou que como forma de garantir o decurso das aulas foram distribuídas cento e sessenta lonas para a cobertura das salas de construção precária destruídas pela intempérie nos distritos de Sussundenga, Gondola, Vanduzi, Macate e Mossurize.

O director provincial de Educação e Desenvolvimento Humano de Manica disse ainda que até ao mês de Maio último, cento e oitenta salas de aula de construção precária já tinham sido repostas pelas comunidades das zonas afectadas.

Refira-se que as infra-estruturas do sector de educação mais afectadas pelas calamidades naturais na província de Manica localizam-se nos distritos de Mossurize e Sussundenga.

+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.