Traficantes de órgãos humanos postos fora de acção em Cuamba

0

Seis indivíduos, um dos quais de nacionalidade malawiana, encontram-se detidos no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Cuamba, no Niassa, indiciados de homicídio, agravado com extracção de órgãos humanos, supostamente destinados à comercialização no vizinho Malawi.

O Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) aponta o malawiano, de 40 anos, cuja identidade não foi revelada, como tendo assassinado e extraído os órgãos genitais, coração e rins de uma pessoa do sexo masculino que residia no bairro Estação, em Cuamba.

Jornal Notícias
+ posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.