A morte de mais um embondeiro

0

Arão Cuambe

CAIU sexta-feira, 13 de Agosto, mais um pilar do majestoso e imponente edifício que é a Rádio Moçambique.

Paulo Brito, um nome que dispensa apresentação junto dos milhares de ouvintes que no dia-a-dia ouvem esta Rádio.

Ainda mal refeitos e a enxugarmos as lágrimas depois da morte de outros dois embondeiros, nomeadamente Edmundo Galiza Matos e João Matola, eis que surge a notícia que nos abalou completamente.

As redes sociais, num curto espaço de tempo, ao final do dia de sexta-feira ficaram pejadas de mensagens de condolências, dor, luto pela morte de um exímio comunicador.

Não era para menos. Pessoalmente, conheci Paulo Brito no ano dois mil, depois da passagem fugaz que ele teve pela Televisão de Moçambique.

O Paulo Brito sempre insistia que a sua catedral era a Rádio Moçambique, daí que acabou assentando arraiais nesta casa por mais de duas décadas.

Paulo Brito era um comunicador electrizante que conhecia o Moçambique profundo, e essa sua virtude estava patente nos programas interactivos.

Evidenciava o domínio das zonas mais recônditas deste país nas conversas que travava com os nossos ouvintes em directo, ao som da música ligeira moçambicana que ele ajudou a promover.

Adorava música com um tom alto, daí que não precisávamos de fazer muito esforço para saber no seio da Rádio que o Paulo Brito estava de serviço.

Paulo Brito era um homem de bom humor e espalhava sorrisos em todos os cantos da Rádio Moçambique.

Tinha Quelimane, sua terra natal, no seu coração, sendo que por isso quase todos os anos desafiava a Estrada Nacional até à Terra dos Bons Sinais, onde se juntava aos seus.

E foi precisamente em Quelimane onde deu sexta-feira o seu último suspiro.

Nos últimos meses Paulo Brito, apesar do seu estado de saúde não ser dos melhores, era um homem optimista que encarava a enfermidade com esperança.

Paulo Brito agora onde quer que estejas dirijo me a ti.

Não tens dúvida que nós, teus colegas, a tua legião de fãs que como sabes é enorme choramos de pranto a tua partida.

E como Católico, Apostólico e Romano só me resta dizer, Paulo vá com Deus.

Website | + posts

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.