Terça-feira, 28 Maio, 2024
Início » Uma década sem Eusébio!

Uma década sem Eusébio!

Por Issa Likwembe
492 Visualizações

Há 10 anos morria um dos futebolistas mais notáveis do mundo, Eusébio da Silva Ferreira, nascido no bairro Mafalala, na cidade de Maputo, então Lourenço Marques, a 25 de Janeiro de 1942.

Também conhecido por Pantera Negra, Eusébio da Silva Ferreira morreu no dia 5 de Janeiro de 2014, vítima de uma paragem cardiorrespiratória, aos 71 anos.

A sua carreira iniciou na cidade de Maputo, onde representou o Sporting de Lourenço Marques (Maxaquene), antes de seguir para Portugal, representar o Benfica e selecção.

Entre vários momentos do Pantera Negra destacam-se os quartos-de-final do Campeonato do Mundo de 1966, em que Portugal defrontou Coreia do Norte (5-3). Em Liverpool, a selecção portuguesa perdia por 0-3 aos 25 minutos, mas depois apareceu Eusébio. O goleador do Benfica facturou o primeiro aos 27′ e só parou nos quatro golos. José Augusto apontou o 5.º tento luso. Seguia-se a equipa da casa. Em Wembley, a equipa das Quinas caiu de pé após a derrota, por 2-1. Ainda assim, Eusébio marcou o tento solitário de Portugal.

banner

Após o sucesso de Inglaterra recebeu a Bola d’Ouro da France Football para o melhor jogador a actuar na Europa. Nos anos seguintes venceria também por duas vezes a Bota de Ouro destinada ao melhor marcador europeu.

Em toda a carreira apontou 733 golos em 745 jogos, além de ter atingido 64 internacionalizações e marcado 41 golos com a camisola de Portugal. Representou o Benfica entre 1960/61 e 1974/75, rubricando 471 golos em 440 partidas.

Além do Sporting de Lourenço Marques, representou o Benfica, Beira Mar, U. Tomar (Portugal); Boston Minutemen, Las Vegas Quicksilvers, New Jersey Americans (EUA); Monterrey (México); e Toronto Metros-Croatia (Canadá).

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Leave a Comment

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia