Domingo, 26 Maio, 2024
Início » MUNICÍPIO DE CHIMOIO: Vereadoras acusadas de roubo 

MUNICÍPIO DE CHIMOIO: Vereadoras acusadas de roubo 

Por Juma Capela
522 Visualizações

DUAS vereadoras das áreas de Educação, Juventude, Desporto e Cultura, e de Saúde e Acção Social, no Conselho Municipal da Cidade de Chimoio, na província de Manica, são acusadas, pela população do bairro Samora Machel, de roubar material de construção da Escola Primária 7 de Abril.

Trata-se de uma infra-estrutura anexa, financiada pela autarquia, cuja a denúncia de roubo de material já levou à exoneração das vereadoras visadas, nomeadamente, D. Cristiano e C. Xavier.

O seu afastamento visa dar espaço a uma investigação exaustiva por parte da Procuradoria da cidade de Chimoio, para o esclarecimento dos factos.

Por conta do desaparecimento do material, as obras de construção da referida escola, que deveria entrar em funcionamento no presente ano lectivo, ficaram paralisadas. Aliás, os moradores do bairro Samora Machel ainda tentaram promover uma campanha de angariação de fundos para dar continuidade aos trabalhos, mas o esforço redundou num fracasso.

banner

Essa situação, segundo os moradores, prejudicou a população, em geral, e, em particular, aos alunos da 1.ª, 2.ª e 3.ª classes, que continuarão a percorrer longas distâncias para alcançar um estabelecimento de ensino de nível primário.

Pedro Jorge Chicanga, secretário da zona 34 daquele bairro, disse ser a terceira vez que o material é roubado.

“Flagramos as vereadoras do município a tirarem o material para o carro. Depois disso, comunicamos a estrutura máxima do bairro que, por sua vez, fizeram chegar a informação ao Conselho Municipal e a Polícia Municipal”, disse.

O presidente do município, João Ferreira, não quis entrar em detalhes, mas confirmou que está a correr um processo-crime contra as indiciadas.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia