Segunda-feira, 24 Junho, 2024
Início » Circulação tortuosa nas estradas da Matola

Circulação tortuosa nas estradas da Matola

Por admin-sn
776 Visualizações

FARCELINA CUMBE

UMA cratera maior que a outra é o que caracteriza algumas estradas do município da Matola, em estado crítico de degradação, situação que afecta não só os automobilistas, assim como os residentes da autarquia, devido à falta de transporte.

Quando chove o cenário fica ainda mais alarmante, pois, para além de dificultar a transitabilidade, as viagens tornam-se longas e muitos condutores queixam-se de avarias constantes das suas viaturas. Não há como escapar dos solavancos para quem vive ou circula nas rodovias da Matola, porque enquanto alguns troços carecem de manutenção, outros já reclamam uma reabilitação.

Uma das principais vias do município da Matola é avenida 5 de Fevereiro, que liga os bairros Fomento e Liberdade, da Estrada Nacional Número quatro (N4), ao longo da qual localizam-se edifícios estatais.

the_ad_group(621);

O troço encontra-se esburacado, com os condutores a serem obrigados a reduzir a velocidade ao mínimo e, mesmo assim, não escapam aos solavancos, por conta da degradação em algumas secções. O acesso ao bairro Patrice Lumumba não foge à regra. É menos penoso para quem passa apenas duas vezes ao dia, nas viagens de ida e volta. Mas para os transportadores, a situação é preocupante, porque a cada viagem fazem gincanas para contornar os buracos no piso.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia